Por que a lente é mais cara do que a armação dos óculos

Se você entrou nesse texto é porque notou que as lentes dos óculos costumam ser mais caras do que as próprias armações, não é verdade? Agora, entender por que isso acontece não é tão simples assim. Mas, a gente vai dar um jeito. Veja só!

ANÚNCIO

Considere que o valor das lentes, como aquelas de alto índice de refração, varia muito entre as óticas de todo o mundo. Essa variação de preço tem a ver com o tratamento que é dado à lente, a marca delas e até mesmo ao grau que é conferido a ela. Vamos explicar em detalhes.

Por que a lente é mais cara do que a armação dos óculos
Foto: (reprodução/internet)

Os principais motivos para usar óculos

Só que antes de falar dessa relação de lente x óculos x preço, a gente vai precisar comentar os motivos que se tem para usar óculos de lente. Ou seja, não estamos mencionando aqui os óculos que são de sol ou outros usados para fins de lazer ou ainda de estética.

ANÚNCIO
Por que a lente é mais cara do que a armação dos óculos
Foto: (reprodução/internet)

É comum que você comece a perceber sintomas como dores de cabeça ou dificuldade em enxergar. A partir disso, você vai até o médico especialista da visão, chamado de oftalmologista. E ele vai fazer exames para identificar se você tem algum “problema” na visão.

Visto isso, o próximo passo é que ele dê a você uma receita médica com a descrição de lentes que você precisa usar para que a sua visão esteja totalmente correta e evite aqueles sintomas, como as dores de cabeça. E o que são esses “problemas” na visão?

ANÚNCIO

As condições que dificultam a visão

Basicamente, a gente tem como “problema” da visão principal a miopia. Ela é uma dificuldade para enxergar a distância. É comum em quem tem olhos mais alongados do que o normal e isso faz o foco da imagem se formar antes da retina.

Por que a lente é mais cara do que a armação dos óculos
Foto: (reprodução/internet)

Depois, vem a hipermetropia, que é justamente o contrário: quando a pessoa tem o globo ocular encurtado e o foco vai para depois da retina. Isso faz com que a pessoa não consiga definir o que está perto da visão.

O astigmatismo tem a ver com alterações da córnea ou no cristalino. Isso pode gerar vários múltiplos pontos focais. E o resultado é a distorção da imagem que a pessoa vê. E tem a presbiopia, ou vista cansada, comum após os 40 anos - dificuldade em ver objetos com nitidez.

E onde entra a lente nessa história?

A lente dos óculos vai justamente dar o que a pessoa precisa para conseguir enxergar de forma plena, sem que objetos sejam distorcidos ou embaçados. Para isso, é preciso considerar alguns vários pontos importantes, como índice de refração, esfericidade e tratamentos.

Por que a lente é mais cara do que a armação dos óculos
Foto: (reprodução/internet)

Depois disso, nós também vamos falar um pouco sobre como funcionam as armações e como elas podem ser mais caras ou mais baratas. Por isso, leia o texto até o fim e com atenção.

O índice de refração das lentes

É esse índice que vai falar sobre o poder da matéria-prima de mudar a direção dos raios de luz e acertar no foco. Basicamente, a conta é: quanto maior a taxa de refração, menor será a espessura para dar nitidez a visão. E, em geral, maior é o preço.

Por que a lente é mais cara do que a armação dos óculos
Foto: (reprodução/internet)

Ou seja, em poucas palavras, a gente tem uma lente com alto índice sendo mais fina do que a de baixo índice de refração. E para que isso serve? Para reduzir o efeito do “fundo de garrafa” e das distorções que surgem com as bordas dos óculos mais grossas. 

De modo resumido, essas vantagens são imperceptíveis do ponto de visa da resolução do problema da visão. No entanto, elas significam muito para o bolso. Sem contar que há de se pensar na resistência da lente. 

A esfericidade das lentes

O nome parece complexo, mas é fácil entender isso. Estamos falando sobre um termo técnico que significa que há duas possibilidades de se criar lentes de óculos. Uma é a lente esférica e a outra é a lente asférica. A diferença só se vê olhando de lado. 

Por que a lente é mais cara do que a armação dos óculos
Foto: (reprodução/internet)

A opção esférica é mais arredondada. Ela costuma ser designada para quem tem hipermetropia de grau alto, já que a curvatura distorce a imagem na periferia da lente. Já modelos asféricos são mais planos e finos. Porém, são mais caros também. 

Resumo do tópico: lentes asféricas são mais modernas, mais leves, mais retas e mais caras. Já as esféricas, que não são tão “bonitas” possuem formato mais arredondado. 

Os tratamentos das lentes

Quanto ao tratamento das lentes, a gente pode considerar que algumas delas possuem proteção contra a radiação ultravioleta ou a revestimentos de limpezas. Quanto maior o grau, maior o reflexo na lente. E a lente pode ter camadas antirreflexo que ajudam no conforto.

Por que a lente é mais cara do que a armação dos óculos
Foto: (reprodução/internet)

Basicamente, quanto mais desses benefícios mais cara ela será. Por isso, o conselho é sempre discutir com o médico e o oculista qual é a melhor opção, em termos de custo-benefício, para você. 

E o que as armações dos óculos tem a ver?

Bom, seguindo com as orientações das lentes, agora a gente chega nas armações. Independente da lente, a armação tem a ver com combinar o acessório com o rosto da pessoa, certo? Mas, não se trata somente disso, viu.

Por que a lente é mais cara do que a armação dos óculos
Foto: (reprodução/internet)

Se a lente for esférica ou asférica, isso pode mudar a escolha da armação. Assim como se ela for de refração baixa ou alta. Por exemplo, moldes menores não se adequam a lentes multifocais (que permitem olhar para pontos de distância diferentes em partes da lente). 

E em muitos casos dá sim para manter a armação e só trocar as lentes. Mas, não em todos os casos. A ideia é sempre se atentar para não ser enganado pelo vendedor de óculos.

O tipo de aro e o material

A gente vai resumir os pontos que podem aumentar o preço da armação. O tipo de aro é um deles. Quem tem astigmatismo raramente vai se dar bem com óculos redondinhos igual do John Lennon – porque a lente pode rocar e sair do ângulo perfeito.

Por que a lente é mais cara do que a armação dos óculos
Foto: (reprodução/internet)

Em termos de óculos sem aro, saiba que eles duram menos porque as lentes são parafuseadas. E quanto ao material, temos que considerar que existem os que duram mais e os que duram menos, obviamente. Só que quem tem alto grau vai preferir as de acetato (plástico). 

Isso porque os aros de metal são estreitos e acabam desguarnecendo as laterais dos mais robustos. Dá para usar esse tipo de material, só que o uso exige lentes menores e mais finas. 

A lente mais cara do que a armação

Agora, avaliando tudo o que falamos aqui, dá para ver que nem sempre a lente vai ser mais cara do que a armação. Porém, isso vai acontecer na maioria das vezes. Especialmente, se você tiver um alto grau de “problemas” da visão.

Por que a lente é mais cara do que a armação dos óculos
Foto: (reprodução/internet)

Primeiro, a gente tem que notar a receita da lente. A partir disso, filtra as armações que podem ser usadas. É por essa ordem que nem sempre dá para escolher uma armação mais barata para um tipo de lente, por exemplo. 

No entanto, considere que a pesquisa de preços em várias óticas e a conversa com o oftalmologista ajuda muito a encontrar uma combinação que seja boa para o seu orçamento. Desse modo, dá até para pensar em reusar a armação para novas receitas de lentes. 

Os preços das lentes de óculos

Só para concluir o assunto, considere que a gente tem uma grande variação de preços de lentes de óculos. E de várias marcas também. Por exemplo, para quem tem até 4 graus, saiba que a lente 1.5 pode variar em 4 valores. Veja só.

Por que a lente é mais cara do que a armação dos óculos
Foto: (reprodução/internet)

A lente 1.5 Duravision BlueProtec fica em R$ 900. A Platinum em R$ 870. A Silver em R$ 700 e a Chrome em R$ 480. Isso porque estamos falando de uma única marca e da que é 1.5, hein. Já na armação, a variação é ainda maior, sendo a partir de R$ 150 até mais de R$ 10 mil.

Por isso, retomamos o que acabamos de falar, considere que a pesquisa de preços, a conversa com o oftalmologista e com o oculista se faz necessária para encontrar o melhor produto, no combo de lentes e armação, para você. E marcas famosas, como Gucci e Prada, são caríssimas.

A cirurgia para se “livrar” dos óculos

E para fechar o texto, vale a gente mencionar aqui uma dúvida que muita gente tem. Você já pensou que existe a possibilidade de fazer uma cirurgia para não mais precisar dos óculos, certo? Saiba que mais de 60 milhões de brasileiros pensam nisso. Isso porque esse é o número de brasileiros que tem miopia, astigmatismo ou hipermetropia ou ambos. 

No entanto, apesar de se tornar uma opção válida para muita gente, a popularização dessa cirurgia ainda não é acessível para todo mundo. A cirurgia refrativa tem regras e requisitos para ter efeito duradouro, além disso custa entre R$ 2 mil e R$ 6 mil para cada olho. O custo varia conforme o grau do paciente também.