Lounge Key - Descubra por que alguns cartões de crédito têm sala especial em aeroportos

Você já deve ter ouvido falar sobre a lounge key ou salas vips dos aeroportos, não é mesmo? Basicamente, é um serviço que é oferecido por alguns cartões de crédito e isso entra na lista de diferenciais que eles apresentam. 

ANÚNCIO

A gente vai explicar tudo sobre essas salas, como funciona, quem pode ter acesso, quais os cartões que possuem tais diferenciais e até mesmo sobre o surgimento da ideia. Não deixe de ler até o fim para saber se é um bom benefício para você ter no seu cartão.

Foto: (reprodução/internet)

O que é uma sala vip em aeroportos

A ideia surgiu para oferecer aos clientes um conforto a mais em aeroportos. Assim, é uma comodidade que chega até alguns passageiros, sendo comum em companhias aéreas e para clientes que têm acesso a primeira classe ou classe executiva nos aviões.

ANÚNCIO
Foto: (reprodução/internet)

Atualmente, o programa e as salas se estenderam a outros públicos também, como aqueles que possuem programas de fidelidade, cartões de crédito de alta renda ou até mesmo para quem quer pagar para ter acesso a esse serviço. 

E por que é um benefício muito bem-visto e avaliado pelas pessoas? Porque ele tem uma grande quantidade e qualidade de serviços. A sala, por si só, já é bastante exclusiva e oferecem opções além dos básicos. Como a alimentação completa, inclusive, com bebidas alcoólicas. 

ANÚNCIO

O que mais é possível encontrar na lounge key

Além da parte da alimentação, que é um grande atrativo, considere também que o espaço é grande e agradável. Quase sempre, melhor do que o saguão do aeroporto. Ele possui mesas, cadeiras, sofás, tomadas, TV, computadores, banheiros.

Foto: (reprodução/internet)

Há, no entanto, algumas salas especiais que lotam em horários de pico. Portanto, nem sempre dá para encontrar toda a privacidade que você imagina. De todo modo, é comum que você consiga relaxar e descansar em espaços diferenciados. 

Sem falar dos serviços, como jornais, revistas, internet, copiadora, impressora, fax. Há ainda a opção de readequar serviços, como em voos, upgrades, etc. Opções mais raras ainda possui serviços de concierge, com spa, ganho, massagens, barbearias, manicures, etc. 

Como acessar a lounge key em aeroportos

Como você sabe, o principal canal é o cartão de crédito. Mas, ele não é o único e abaixo falaremos mais dele. Antes disso, vamos explicar as outras formas. Os programas de fidelidade das companhias aéreas possuem destaque, também.

Foto: (reprodução/internet)

No Brasil, a Gol tem sala vip em Guarulhos e no Rio Galeão para clientes Smiles Ouro ou Diamante. Fora do Brasil, há salas em Paris e Amsterdã. Na Azul, clientes Diamante do TudoAzul acessam as salas em Campinas e Lisboa. Na Latam, é preciso ser platinum ou black. 

Tem ainda a opção de voar em classe executiva ou primeira classe, sendo que quase sempre o passageiro ganha a opção da sala vip. Ou dá para comprar um ingresso avulso, que varia de R$ 50 a R$ 200 no Brasil ou US$ 100 no exterior.

Priority Pass, Lounge Pass e Lounge Key

A gente já falou disso tudo aqui, mas sem usar esses nomes. Agora, vamos explicar eles para que você não tenha dúvidas quando ler sobre o assunto.

Foto: (reprodução/internet)

O Priority Pass é um programa que funciona com uma assinatura anual e dá direito a mais de 700 salas vips em todo o mundo, sendo em mais de 120 países. Já Lounge Pass é a opção de comprar o acesso vip para uma única vez. O serviço está em 190 aeroportos. 

E tem ainda o Lounge Key, que é a opção que vem através do cartão de crédito. As salas vips para esses casos são mais de 500 ao redor do mundo. Para isso, é preciso ter cartões como black ou infinite. Vamos explicar mais abaixo. Leia. 

Os cartões de crédito com acesso a salas vips

Os cartões são as formas mais comuns de acessar essas salas especiais. Isso vale para aeroportos de dentro e fora do país. No entanto, os internacionais são bem mais restritos. Os maiores destaques ficam por conta do Santander e da Porto Seguro.

Foto: (reprodução/internet)

Mas, American Express e Diners também agradam os clientes. Já quem costuma viajar pela GOL pode ter o cartão da empresa, só que só funciona em Guarulhos e no Galeão, como já falamos aqui. 

Os principais cartões com lounge key

O American Express tem o Gold Card e o The Platinum Card. Nessa opção, viajar pela Delta Air Lines permite a sala especial de graça. Os cartões Diners International e Exclusive dão acesso, porém, com um custo de R$ 60 além da anuidade.

Foto: (reprodução/internet)

Já o Citibank Black não tem sala própria. O Elo Nanquim permite o aceso, mas com custo de US$ 27 além da anuidade. O Caixa Black ou Infinite também permite, só que com taxas. O Ourocard Black ou Infinite permite acesso pelo Lounge Key mesmo.

Aí vem o do Itaú, Infinite e Black, com acesso pelo Lounge Key. O da Porto Seguro, Black e Infinite, com acesso por meio do Priority Pass ou Lounge Key. E tem os do Santander, que são várias opções de cartões, com acesso pelo Priority Pass e Lounge Key, também.

Como ter um desses cartões

Os Black e os Infinite são os principais modelos que dão o benefício do Lounge Key. No entanto, ter um deles não é tão simples. Eles são conhecidos por serem de alta renda, o que quer dizer que são para pessoas que podem comprovar uma renda alta.

Foto: (reprodução/internet)

É comum que seja acima de R$ 10 mil ao mês. E alguns bancos e emissores ainda oferecem a chance de anuidade gratuita para quem consegue ter um consumo mensal alto na fatura. Por isso, vale muito a pena pesquisar sobre cada cartão Black, Infinite e outros de alta renda.

Em outros casos, a anuidade pode passar dos R$ 1 mil no ano. No entanto, eles também oferecem vantagens além das viagens, como seguros de bagagem ou de proteção de compra, entre outros.

O exemplo do Credicard Black

A gente resolveu citar aqui o Credicard Black, que é um dos mais simples de entender. Ele permite “acesso gratuito à sala VIP de Guarulhos”. No entanto, para outras salas VIP é preciso pagar US$ 32 por acesso em mais de 120 países.

Foto: (reprodução/internet)

A anuidade dele, porém, é de 12 pagamentos de R$ 68, o que dá R$ 816 no ano. Mas, a isenção da mensalidade nos 3 primeiros meses do ano. Já para quem manter um gasto mensal de R$ 6 mil no mês, a cobrança não é feita em nenhum mês. 

O cartão é do emissor Itaú, que fica na Praça Alfredo Egydio de Souza Aranha, 100 em São Pauloi (SP). O banco está inscrito no 17.192.451/0001-70. E você pode ter mais informações no site da Credcard

Então, o Lounge Key não é gratuito?

Observe que, conforme o tópico acima, nem todo cartão de crédito que oferece a sala vip através do lounge key faz isso de forma gratuita. Eles podem ter custos por visitas ou não. A gente encontrou na internet algumas informações que indicam isso. Veja só!

Foto: (reprodução/internet)

O Altus Visa Infinite (Banco do Brasil) permite todos os acessos gratuitos para os titulares e os convidados. O mesmo para o Ourocard Elo Nanquim Diners Club, só que nesse caso só vale levar um único visitante. O Inter Black oferece acesso gratuito apenas para titulares.

O Banrisul oferece 1 acesso gratuito para titulares por ano. O Bradesco Visa Aeternum oferece todos os acessos gratuitos para titulares e tem mais 12 visitas para acompanhantes no ano. O BRB DUX Visa Infinite dá todos acessos gratuitos para titulares também. Saiba sobre todos os cartões no site do “Passageiro de Primeira”. 

Como encontrar os aeroportos com lounge key

Atualmente, há vários modos de conseguir essa informação. Você pode ligar na central de atendimento do cartão, por exemplo. Ou acessar o app do banco. Dá ainda para ter a informação no portão de embarque.

Foto: (reprodução/internet)

Mas, uma boa ideia é usar aplicativos alternativos que fazem isso, como o Lounge Buddy. Ele pesquisa todos os aeroportos e as salas especiais disponíveis com base no programa que a pessoa tem acesso. O problema é que a versão só está disponível no iPhone. 

Até mesmo porque nem todo aeroporto tem sala vip. Para se ter uma ideia, no mundo são 600 lounges espalhados, sendo que os principais disponíveis no Brasil ficam em Guarulhos (SP), Galeão (RJ), Hercílio Luz (Florianópolis), Brasília e Manaus. 

Vale a pena ter um cartão com lounge key

Essa é uma pergunta vai ter uma resposta que depende muito de cada pessoa e cada perfil de viajante. Se você é alguém que viaja pouco, obviamente, não vai precisar de um cartão como esse, certo? Por outro lado, se você viaja muito, então, pode ser uma ideia e tanto.

Agora, se você for solicitar o cartão Black, Infinite ou outros, considere que existem muitas opções disponíveis no mercado, com vários emissores e várias taxas de anuidade ou benefícios. Assim, é preciso fazer um estudo para descobrir o melhor para você.