Por que as pessoas preferem consultar a tabela FIPE nesse site?

Quando você vai pesquisar o preço de um carro usado, seminovo ou novo, o que você faz? Geralmente, a gente pensa logo em consultar a tabela FIPE, não é verdade? Afinal, esse é um mecanismo de referência no país todo para calcular o preço médio de veículos. 

ANÚNCIO

No entanto, você sabia que mesmo querendo saber o preço da tabela FIPE, muita gente usa um site para fazer essa pesquisa? É verdade. E o melhor de tudo é que esse site é gratuito, é o iCarros. A diferença está na comparação de tabelas, sendo a FIPE e KBB. Mas, se ainda não sabe o que são essas tabelas, tudo bem, porque a gente vai explicar, pontualmente, nos próximos tópicos.

Por que as pessoas preferem consultar a tabela FIPE nesse site?
Foto: (reprodução/internet)

Desse modo, a gente optou por dividir o texto em duas grandes partes. A primeira é para que você conheça um pouco mais da tabela FIPE e da importância dela para o mercado de carros. A outra parte é para falarmos dos sites que permitem as consultas dos preços dos veículos, como foco especial no querido iCarros.

ANÚNCIO

O que é a tabela FIPE

Então, para começar, vamos explicar o que é a tabela FIPE e para que ela serve. Basicamente, a resposta vem da própria instituição, que diz que “a tabela expressa os preços médios de veículos anunciados pelos vendedores no mercado nacional”. 

Assim, o objetivo é simples: “ser um parâmetro para negociações ou avaliações”. No entanto, os estudiosos e responsáveis pelos dados afirmam que os preços praticados ainda podem variar mais, se a gente considerar a região, a conservação, a cor, os acessórios e outros fatores.

ANÚNCIO

Inclusive, há um vídeo explicativo que fala exatamente disso. É um vídeo rápido e que vale a pena ser assistido. Confira abaixo:

Mesmo que seja muito didático entender a função da tabela FIPE, a gente vai trazer aqui mais um tópico, para mostrar como a pesquisa pode ser feita por quem quer comprar ou vender um carro, hoje em dia, no Brasil. Afinal, ter esse parâmetro de preço é bastante indicado. 

Como pesquisar o preço na tabela FIPE

Atualmente, há duas páginas que podem ser usadas para essa consulta a Fipe.org e Veículos.fipe.org.br. Mas, também dá para baixar o aplicativo da tabela FIPE no celular para fazer o mesmo estudo. Atualmente, ele está disponível no iOS e no Android.

Por que as pessoas preferem consultar a tabela FIPE nesse site?
Foto: (reprodução/internet)

Considerando isso, o próximo passo está justamente em começar a pesquisa preenchendo alguns dados que são importantes. Por exemplo, em primeiro lugar é preciso escolher entre a consulta de carros e utilitários pequenos, caminhões e micro-ônibus ou motos. 

Depois, dá para escolher o período de referência, que é o mês da consulta. Seguindo os campos, você deve preencher os seguintes itens: marca, modelo, ano. Depois, basta ir em pesquisar para ter os resultados. 

Simulação de orçamento

Para que o texto fique mais prático, a gente fez uma busca seguindo exatamente esses passos. Assim, optamos por um Toyota Etios XS 1.5 Flex Mecânico 2015. O mês de referência foi janeiro de 2021 e nós encontramos o preço médio de R$ 33.912.

Ou seja, isso permite que tenhamos uma boa ideia de quanto está valendo o nosso carro no mercado ou o preço de um carro que a gente tenha o interesse de comprar. Não é? Logo, fica mais fácil entender a função da tabela FIPE hoje em dia. 

E para mudar a pesquisa, basta mudar os parâmetros, como marca, ano, etc. 

Curiosidades da tabela FIPE

E para concluir essa primeira parte do texto, que é sobre a tabela FIPE, saiba que ela existe desde 1973 e foi criada como forma de estudo na Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da Universidade de São Paulo. Assim, até hoje, o órgão presta serviços para o Governo e empresas privadas, a partir do preço médio de veículos. 

Por que as pessoas preferem consultar a tabela FIPE nesse site?
Foto: (reprodução/internet)

Inclusive, FIPE vem do nome Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas e hoje é a principal referência do mercado de carros usados e seminovos. Aliás, também é uma tabela usada para a contratação de seguros e até mesmo do imposto que conhecemos como IPVA. 

Mas, a principal curiosidade é que ninguém é obrigado a seguir a tabela FIPE, ainda que ela seja usada como referência. Abaixo, ao falarmos da tabela KBB, você vai entender mais sobre isso. Por isso, é importante que leia até o fim. 

E, agora sim, para fechar o tópico, saiba que as pesquisas usadas na FIPE vêm de 24 estados brasileiros, considerando as principais regiões do país. 

Os sites que permitem a consulta da tabela FIPE

Agora que você conhece a tabela FIPE e a importância dela, vamos falar de um assunto que é bem curioso. Obviamente, se a gente perguntar onde é que você pode fazer essa pesquisa, o que você diria? Muito provavelmente, a sua resposta seria sobre “no site da tabela FIPE”, né?

Por que as pessoas preferem consultar a tabela FIPE nesse site?
Foto: (reprodução/internet)

De fato, essa pode ser uma boa resposta porque você sabe que esse é o principal indicador do mercado de veículos. Então, se você quiser fazer isso, saiba que basta entrar no site oficial da Fundação que já mostramos anteriormente.

No entanto, o que você ainda pode não saber é que tem vários outros sites e plataformas que permitem essa mesma busca online de preços de carros novos e usados com base na tabela FIPE. Por exemplo, dá para consultar a tabela pelos seguintes sites:

Essas são empresas que são focadas em veículos de todos os tipos e tamanhos. Algumas até atuam junto com bancos. Por exemplo, a Autoline é uma parceira do Bradesco Financiamentos. E a Webmotors ainda faz uma comparação com os preços médios próprios. 

No entanto, apesar de todas essas plataformas para consultar a tabela FIPE, saiba que tem um site que é o mais querido de muitas pessoas: o iCarros. E isso tem um motivo bastante especial para acontecer, como vamos explicar abaixo. 

O site mais querido: pesquisando a tabela FIPE no iCarros

Assim como todos os sites citados acima, o iCarros também permite uma consulta para saber o preço de um veículo novo ou usado a partir de informações simples, como marca, modelo, ano, versão, cidade. Porém, há uma diferença nisso: a comparação com outra tabela

Por que as pessoas preferem consultar a tabela FIPE nesse site?
Foto: (reprodução/internet)

A gente não vai perder tempo aqui falando da FIPE porque já explicamos exatamente o que ela é e como funciona nos tópicos acima. No entanto, há uma outra tabela que você deveria conhecer: a KBB. Isso porque o iCarros faz a comparação entre ambas tabelas. 

Só para contextualizar o assunto e mostrar a diferença das tabelas, entenda uma coisa: a tabela FIPE mostra o preço médio do carro que uma pessoa tem ou quer comprar, já a KBB (Kelley Blue Book) mostra o preço certo para o carro na sua região, ou seja, é mais focada. 

Isso é muito fácil de entender se a gente considerar que a tabela FIPE é nacional e não considera essa regionalidade na hora de comprar ou vender carros. Tanto é que hoje em dia acaba sendo muito usada por garagistas e até mesmo concessionárias.

O exemplo do iCarros

Para finalizar o conteúdo de uma forma completa, nós vamos trazer aqui um exemplo de uma pesquisa de veículo feita no iCarros. Para isso, usamos um Toyota Etios Hatch 2015 XLS 1.5 em São Paulo. Seremos breves, acompanhe. 

O site pede um nome e e-mail para continuar na pesquisa. Portanto, saiba que você passará a receber informações do iCarros periodicamente por e-mail, mas sem cobrança alguma. Assim, tivemos o seguinte resultado:

  • R$ 34.453 na tabela FIPE (preço que representa a média nacional);
  • R$ 36.572 na tabela iCarros (preço que representa a média na sua região).

Essa diferença foi possível porque a plataforma usou a tabela KBB também. Ou seja, a faixa de preço do veículo que pesquisamos na nossa região variou de R$ 35.132 até R$ 38.044, ficando em um preço de R$ 36.588 na média. 

Inclusive, o site ainda cita esse valor como sendo um preço de revendedor de veículos. Por curiosidade, saiba que a nossa pesquisa resultou em uma condição boa para revenda, conforme o site iCarros. Abaixo, vamos explicar mais do KBB para quem ficou curioso. 

Entendendo o indicador de preço KBB

Com certeza, a gente poderia ter finalizado a matéria no tópico acima. Porém, como sabemos que você se interessou pelo assunto, a gente decidiu prolongar um pouco mais para falar sobre esse indicador de preço de carros novos e usados que tem ganhado espaço. 

Por que as pessoas preferem consultar a tabela FIPE nesse site?
Foto: (reprodução/internet)

O principal motivo do uso desse indicador é que o preço de um carro pode variar muito considerando equipamentos, cor e até mesmo região. A ideia, portanto, é conseguir ser um pouco mais detalhista e ir além da “média de preço nacional”. 

Para isso acontecer, a conta toda se baseia no preço sugerido pelas fabricantes somada ao preço dos revendedores e as condições do mercado, também. Logo, a combinação de dados ainda vai para um grupo de estudiosos que gera o que é considerado o “preço certo do carro”.

Abaixo, tem um vídeo explicativo da própria KBB que explica sobre isso:

E agora sim, para concluir o tema, saiba que a equipe da plataforma garante que todos os meses faz a pesquisa em mais de 1 milhão de anúncios e considera os valores pelos quais os negócios são, efetivamente, fechados e não apenas anunciados.