7 dicas para fazer seu negócio ser mais rentável

Prosperar é o sonho de todo empreendedor após vencer a burocracia e finalmente inaugurar o seu negócio. Mas como existem dificuldades para controlar as finanças podem existir outras mais para adequar os objetivos da empresa, clientes e de quebra ter um bom retorno.

ANÚNCIO

Um empreendimento inteligente é aquele que consegue a longo prazo se manter lucrativo, sendo que para isso é necessário adaptar os planos do empreendimento ao cenário. Para alcançar esse resultado existem algumas respostas, dentre elas essas 7 dicas são fundamentais para a rentabilidade do seu negócio.

Fonte: (Reprodução/Internet)

Conheça os processos financeiros do seu negócio

Pode parecer repetitivo falar que o lucro de um negócio está condicionado ao seu completo conhecimento, mas a verdade é que nem todos os empresários têm acesso aos mínimos detalhes de cada processo que acontece em seu interior de trabalho. Lembre-se que todos estão conectados pela gestão eficaz do setor financeiro.

ANÚNCIO
Fonte: (Reprodução/Internet)

Entre os pilares de uma empresa rentável e de sucesso está antes de qualquer coisa uma boa gestão financeira desses processos. A dificuldade para separar gastos pessoais dos profissionais aliado ao desconhecimento da organização de um negócio é um dos principais malefícios de um empreendimento.

Em uma situação hipotética, o Sr. João, após abrir sua cafeteria, percebe que o seu produto é atrativo. Para continuar crescendo decide solicitar um empréstimo sem muito planejamento e a longo prazo não consegue cobrir as despesas do valor financiado. Esse é um erro comum de gestão patrimonial que deve ser evitado com base na educação financeira.

ANÚNCIO

Atente-se para o perfil de seus clientes

Após alterar os processos financeiros de seu negócio, isto é, inteirar-se de cada custo fixo e variável, é fundamental para que o caixa prossiga positivo considerar uma análise contínua do perfil dos clientes que consomem os produtos do empreendimento.

Fonte: (Reprodução/Internet)

Muitos empresários tendem a realizar um planejamento inicial de uma imagem e personalidade do perfil consumidor de seus produtos ou serviços, entretanto como nada é fixo, também as necessidades desse público podem se alterar ou mesmo outro público não imaginado passar a consumi-los no meio do caminho.

Em conhecer o perfil de cada um dos clientes compreende-se a curto e longo prazo o detalhamento de suas necessidades, uma altitude que agrega valor ao negócio, gera transformações e o retorno financeiro desejável.

Realize promoções com sabedoria

Todo empresário de sucesso já deve saber que descontos e promoções são duas das melhores alternativas para atrair clientes e com eles elevar os lucros. Esses empresários também já tem conhecimento o suficiente para inferir que esses trunfos não podem ser aleatórios.

Fonte: (Reprodução/Internet)

Com isso queremos enfatizar que descontos e promoções devem ser estipulados para que ao final não causem desequilíbrios no fluxo de caixa, por isso uma visão holística do meio interno tanto quanto o meio externo irão oferecer uma base para saber o momento, os serviços e produtos mais recomendados para entrar nesse rol.

Como todo planejamento requer estratégias reais, também é fundamental ter sabedoria para selecionar os produtos e serviços que podem se encaixar na categoria “promoções” no momento de lançar mão da tática.

Olho na concorrência

Uma excelente forma de conquistar a rentabilidade dos sonhos é manter uma postura ativa para acompanhar os passos dos concorrentes. Conhecer os ‘inimigos’ e mantê-los longe de seu lucro é um grande desafio e objetivo.

Fonte: (Reprodução/Internet)

Apesar de concorrentes, os outros negócios não devem ser tratados apenas sob a denominação de ‘inimigos potenciais’, afinal um estudo dos mesmos pode servir de auxílio para aumentar a própria lucratividade, isto é, quando oferecem subsídios para novas ideias que se encaixam no perfil de seu negócio.

Habitualmente os requisitos de precificação já são observados, justamente para lançar estratégias de mercado. Essa visão deve então se estender para todos os setores, pois existem reais possibilidades de destacamento, ainda que a competitividade seja a mais ampla e diversificada.

Crescimento se personifica com investimentos

Se a sua empresa deseja atrair novos públicos e fidelizar clientes deve ter uma ‘cara nova’ que atenda a essas expectativas. Um perfil conservador no mercado não combina com os negócios de grande lucratividade, por isso, cada vez mais é substancial realizar investimentos.

Fonte: (Reprodução/Internet)

Analise se o seu negócio está dando ou não um retorno financeiro desejável, caso esteja, procure manter o perfil de excelência, ou mesmo aja com o intuito de elevá-lo, do contrário não hesite em fazer melhorias tanto em estrutura quanto em relação aos processos internos, quer seja no aperfeiçoamento de produtos e serviços como também em capacitação de seus funcionários.

O domínio da administração financeira do seu empreendimento, em conjunto com os lucros angariados que devem ser convertidos em investimentos, há chances mais tangíveis da geração de novos lucros, ocasionando um ciclo de gastos e retornos contínuos.

Encarar as mudanças

Já falamos reiteradamente sobre a importância do planejamento para ter um negócio lucrativo, mas não apenas a curto prazo e sim a longo prazo, esse ao qual é passível de alterações ‘forçadas’. Não é nada fácil planejar e por ‘n’ razões ter de abrir mão de ações por situações inesperadas.

Fonte: (Reprodução/Internet)

Empresas como todos os setores da sociedade convivem com as incertezas da vida. Planejar é humano, encarar as mudanças é complexo e para muitos pode ser motivo de fracasso. Diante de tudo o que já foi dito até aqui, principalmente sobre o perfil de clientes, aos quais podem ter necessidades as mais diferentes, manter um pensamento unilateral e fixo é um equívoco.

Possuir um negócio lucrativo tem a ver também com a capacidade de pôr os pés no chão e iniciar ou adaptar o planejamento considerando todas as mudanças, aproveitando todas as potencialidades e minimizando os efeitos negativos.

Inovar sempre que possível

No processo de abrir um negócio um empresário tem pela frente um grande desafio e corre inúmeros riscos. Já sabemos que mudanças são incontroláveis e por mais frustrantes para determinada meta devem ser encaradas como uma oportunidade de fazer diferente, e fazer diferente tem relação direta com a inovação.

Fonte: (Reprodução/Internet)

Como inovar? Deixe transbordar a sua personalidade sociável e adaptativa. Como? Provavelmente existem muitas mentes brilhantes no seu negócio, escute-os, anote ideias, experiências dos seus funcionários, faça e refaça planejamentos, quando necessário adapte as modificações ao perfil do seu negócio.

Para cada mudança existem milhares de riscos. Ao pôr em prática o melhor do seu espírito empreendedor, logo, é fundamental além da coragem, a capacidade de perceber que erros vão acontecer, afinal são muitos os desafios do mercado. Aceitar os equívocos e utilizá-los como novos meios de recomeçar é mesmo inovar sempre que possível.

Educação financeira é equilíbrio e sua chance de lucrar

Provavelmente o leitor se perguntou mais cedo o que houve de errado com o negócio do Sr. João, caso hipotético citado na dica acerca dos conhecimentos gerais dos processos de uma empresa. A esse tempo acreditamos que já possua os conhecimentos para uma resposta de empreendedor de sucesso.

Fonte: (Reprodução/internet)

No entanto, sintetizamos a ideia fundamental por trás desse “saber do negócio”. Independente do tamanho do sonho, todos só conseguem ser efetivados após um ciclo de planejamentos, e esse é o caminho de qualquer empresário a priori de qualquer tomada e execução de decisão.

Mas afinal o que é educação financeira? É um conceito e um modo de agir que tem relação íntima com pessoas que desejam valorizar o seu trabalho, ou seja, no esforço de alcançar os melhores rendimentos se encontra a necessidade de organizar gastos e recursos à realidade interna e externa da organização.

Uma história de empreendimento de sucesso

André Krummenauer, um jovem de apenas 28 anos, iniciou um negócio aos 20, quando decidiu abrir sua empresa no segmento de gestão de marketing junto a seis sócios, cada um investindo R$ 100. Mesmo com o valor aparentemente irrisório, André tomou decisões que o levaram a alcançar grande lucratividade.

Fonte: (Reprodução/internet)

A primeira dessas estratégias foi um planejamento do negócio bem detalhado, principalmente com foco em vendas recordes, outro meio foi o foco em outros meios de conseguir se apoiar em rendas extras, para que o primeiro sonho pudesse a média prazo decolar. E deu certo.

No momento o empresário conquistou de vez o seu espaço no universo tecnológico com a Involves (negócio de soluções tecnológicas de marketing), tendo em consideração muitas das dicas elencadas neste artigo e outras que se fizeram necessárias ao longo do processo, e as quais só puderam ser executadas porque o jovem adquiriu um conhecimento abrangente de seu negócio.

O mercado é uma espécie de ‘roda da fortuna’, gire-a a seu favor

Todas as empresas existem porque se movimentam por diversos processos aos quais estão sujeitos às transformações do mercado, é como se existisse uma ‘roda da fortuna’ que mantém alguns negócios no topo e outros em baixa. O interessante é que por não ser estática todos podem alcançar a ascensão.

Crescimento e lucratividade são conceitos abstratos que tomam forma por ações, riscos, olhar atento, planejamento, inovação, educação financeira são alguns dos meios mais funcionais para encaminhar a roda da sorte na direção certa para o seu empreendimento.

Versão em espanhol: 7 consejos para hacer tu negocio más rentable