Credisfera empréstimo - Aprenda como solicitar

A Credisfera surgiu como empresa de tecnologia focada no mercado financeiro que quer ajudar as pessoas, no sentido de encontrarem as melhores ofertas de crédito, pensando tanto no uso desse dinheiro como nas taxas de juros mais acessíveis. 

ANÚNCIO

Os valores possíveis ficam entre R$ 2 mil e R$ 15 mil, sendo que as taxas de juros e os prazos (de 9 a 18 meses) variam conforme a análise de crédito de cada novo cliente. Para conhecer mais de como a plataforma funciona e como solicitar o empréstimo online, continue lendo.

Credisfera empréstimo - Aprenda como solicitar
Foto: (reprodução/internet)

Sabendo disso, considere que nesse texto você vai ler tópicos como:

ANÚNCIO
  • O que é a Credisfera
  • Quando o empréstimo vale a pena
  • Como solicitar online o empréstimo
  • Qual é a taxa de juros da Credisfera
  • Os dados da Credisfera

O que é a Credisfera

A própria empresa informa que é “um grupo de profissionais com experiência em bancos e tecnologia”. Ou seja, pode-se dizer que é uma fintech, isto é, uma empresa de tecnologia focada no mercado financeiro, assim como tantas outras que surgiram nos últimos anos.

Credisfera empréstimo - Aprenda como solicitar
Foto: (reprodução/internet)

A ideia da Credisfera é ser uma alternativa para quem precisa de empréstimo e não quer pegar filas em bancos, pagar altas taxas de juros e se complicar ainda mais com as parcelas do mês. Logo, o conceito inicial da empresa foca em duas frentes, sendo:

ANÚNCIO

Auxilia as pessoas a saberem se realmente precisam de um crédito e como eles funcionam. Depois, um próximo ponto, é que oferecem o empréstimo pessoal online, que é feito pela internet, usando o que há de mais confortável e tecnológico atualmente. 

A filosofia

A Credisfera também comenta que a sua filosofia tem foco na questão que mais causa dúvidas ou trazem problemas para os consumidores brasileiros: as taxas de juros do empréstimo.

Por isso, a ideia é ter a certeza de que o empréstimo “vale a pena”, a partir do uso dele. E isso tem a ver não apenas com o uso dos recursos, mas também com o pagamento das parcelas, que vem com valores adicionados de juros, tarifas, custos.

Para saber se o empréstimo é a melhor ideia para você, continue lendo. No próximo tópico, a gente vai trazer aqui algumas das motivações que a Credisfera vê como possibilidade para o empréstimo. E mais ao longo do texto, falaremos também das taxas.

Quando o empréstimo vale a pena

Um empréstimo não acaba quando o dinheiro entra na sua conta, é o que diz a Credisfera. Ao contrário, ela comenta que na verdade, ele começa bem nessa hora. Isso porque ele tem que ser usado com sapiência, sabedoria, inteligência.

Credisfera empréstimo - Aprenda como solicitar
Foto: (reprodução/internet)

É a partir desse conceito que a explicação da empresa para o empréstimo fica em algo como saber o que fazer com o dinheiro. Afinal, a pessoa terá que arcar com as prestações em vários meses seguintes. 

Logo, há pelo menos 5 motivos pelos quais pedir um empréstimo pode valer a pena. O primeiro tem a ver com o investimento em um negócio próprio, novo, que vai gerar mais dinheiro para você, mais do que as parcelas do que você vai pagar mensalmente.

Outros motivos para ter empréstimo

Depois, a Credisfera também fala sobre o uso dos recursos para investir na própria carreira, como em cursos. Aí vem ainda a motivação das emergências. Aliás, do pagamento de contas emergentes que acontecem e pegam você de surpresa, como o carro quebrado.

A empresa também fala sobre mais dois usos inteligentes para o crédito. O primeiro tem relação com a organização da vida financeira. Que é quando o dinheiro é usado para pagar contas e dívidas que possuem juros mais altos, como as do cartão de crédito.

E uma última ideia tem relação com a compra de um objeto de desejo. Mas, pensando em uma comparação com os juros desse item, quando ele é comprado em vários parcelamentos. Assim, “se você se programa, dá para comprar à vista e economizar”, diz a Credisfera.

Como solicitar online o empréstimo

Na Credisfera, um dos diferenciais é que tudo acontece online, pelo celular ou computador, desde que se tenha acesso à internet. Então, esqueça aquela ideia de encarar longas filas ou de ter que pegar senhas, imprimir documentos, pagar estacionamento e tudo mais. 

Credisfera empréstimo - Aprenda como solicitar
Foto: (reprodução/internet)

Em um formulário online de interesse, você vai preencher algumas informações pessoais e dizer que gostaria de saber mais do empréstimo da Credisfera. No entanto, uma coisa já fica clara é que a Credisfera não faz empréstimo caso o CPF esteja negativo.

Mas, a partir disso, você pode enviar dados como nome completo, CPF, data de nascimento, valor do empréstimo, motivo do empréstimo, renda brutal mensal e autorizar o compartilhamento de dados cadastrais para fazer e oficializar o pedido de empréstimo.

Os requisitos do empréstimo

Além de que o nome sujo, chamado de inadimplência, não é permitido para ter acesso ao crédito da Credisfera, você também tem que saber sobre outros requisitos que poderia impossibilitar você de ser aprovado no seu pedido.

Primeiro, o seu CPF tem que ser válido e estar ativo. Depois, você tem que ter entre 21 e 65 anos de idade. Além do fato de ser o titular de uma conta corrente ou de uma conta poupança em vários bancos. Outra coisa é sobre ter e-mail e número de celular ativos.

Ah, a Credisfera lembra de um próximo item: “ter em mãos informações do seu documento de identificação e do CEP do seu endereço”. Sabendo disso tudo, você já pode solicitar o crédito na plataforma da Credisfera, como já mencionamos acima. 

Qual é a taxa de juros da Credisfera

Como na maioria dos casos que acontecem no mercado financeiro do Brasil, para se ter uma taxa de juros exata, o cliente tem que fazer uma simulação e passar na análise de crédito que cada empresa faz. Ou seja, os juros podem variar bastante conforme o seu score.

Credisfera empréstimo - Aprenda como solicitar
Foto: (reprodução/internet)

No entanto, é importante saber que a taxa vai depender da análise de perfil de crédito de cada cliente. Ela pode ficar entre 3,9% ao mês e ir até 7,8% no mesmo período. E no próximo tópico vamos saber se esse valor está na média nacional, acompanhe.

Antes disso, saiba que a Credisfera ainda lembra que além da taxa de juros, as pessoas podem ter que pagar o IOF, que é o Imposto sobre Operações Financeiras. O imposto é cobrado pelo governo dos clientes que contratam empréstimos. A tarifa de cadastro não é cobrada.

A média nacional dos juros

O Banco Central tem uma classificação ordenada por ordem crescente da taxa de juros pré-fixada para o crédito pessoal não consignado para pessoas físicas, que é onde entra o empréstimo online. Por lá, dá para ver que as empresas/bancos cobram de 0,56% ao mês até 22,56% ao mês. 

Ou seja, considerando a taxa que fica entre 3,9% e 7,8% ao mês cobrada na Credisfera, a gente acaba tendo um valor acessível, que não é o menor e nem o mais alto do Brasil. Para se ter uma ideia, esse valor de 3,9% ao mês fica bem próximo do que cobram grandes bancos, como é o caso do banco Pan (3,74%), do Itaú (3,89%), do banco XP (4,22%).

Os dados da Credisfera

Para quem ficou com dúvidas e conhecer mais da empresa, saiba que essa plataforma digital é uma correspondente bancária do BMP Money Plus Sociedade de Crédito. A atividade é autorizada pelo Banco Central. A Credisfera é inscrita no 22.752.418/0001-98.

Credisfera empréstimo - Aprenda como solicitar
Foto: (reprodução/internet)

O endereço físico da sede da empresa fica na R. Itapaiúna, 2434, no 1º andar, no Jardim Morumbi, em São Paulo (SP). O CEP de lá é o 05707-001. A empresa tem situação cadastral existente desde 2015 e é uma sociedade anônima fechada.

Atualmente, o principal canal de comunicação com a empresa é pelo site. Por lá, você preenche um formulário de contato e a resposta chegará no seu e-mail. Isso porque a Credisfera não tem loja física. 

Central de atendimento

Outra opção é ligar no telefone da central da empresa, que é o 11-3063-0228. Fora isso, para quem atrasou o pagamento do boleto por mais de 90 dias, dá para entrar em contato por e-mail (cobranca@credisfera.com.br). 

Ah, vale lembrar que a Credisfera diz que não trabalha com o envio de mensagens pelo Whatsapp, portanto, qualquer mensagem que chegar para você nesse aplicativo pode se tratar de uma tentativa de golpe, fique atento. E a gente quer terminar o texto com uma dúvida que muita gente tem, especialmente no caso de quem não consegue a aprovação feita no site. 

Do que depende a aprovação do crédito

A Credisfera diz que toda tentativa passa pelo banco que é parceiro dela. Assim, vários pontos são avaliados pela instituição. Com isso, em caso de não aprovação é possível que a pessoa tenha algum problema financeiro. Ou seja, há algo que pode impedir a aprovação.

E são vários os empecilhos atualmente. Como dívidas muito altas, comprometimento do orçamento doméstico, nome sujo, alta quantidade de empréstimos e financiamentos, entre outros motivos. Uma saída é regularizar tudo isso, aumentar o score e tentar um novo pedido mais tarde.