Veja como conseguir um Smart Money para o seu projeto

Smart Money é uma expressão nova que surgiu no mercado e tem uma relação direta com startup. Aliás, das grandes startups que nasceram nos últimos anos, uma grande maioria contou com esse tipo de investidor. Mas, você sabe o que é um smart money?

ANÚNCIO
Veja como conseguir um Smart Money para o seu projeto
Foto: (reprodução/internet)

A gente vai explicar isso ao longo do conteúdo. Inclusive, vamos mostrar se essa ideia pode ser boa para você ou se é melhor procurar outros tipos de investidores, como os investidores-anjos, os bancos, o governo, as incubadoras, os financiamentos coletivos. Entenda na prática!

  • O que é Smart Money?
  • Como funciona um Smart Money
  • A importância do Smart Money
  • A ideia é acelerar o projeto
  • O investidor dá opinião?
  • Os tipos de Smart Money
  • Como atrair os investimentos Smart Money
  • O investidor pode estar ao seu redor
  • Os eventos de empreendedorismo
  • O modelo de negócio e o pitch
  • A arte de atrair investidores e dinheiro inteligente para o seu negócio

O que é Smart Money?

A expressão pode parecer estranha, nova, diferente. No entanto, é bem simples entender o que ela significa no mundo dos negócios. Estamos falando de investidores que aportam capital em empresas startups. Na tradução mais simples, nós temos “dinheiro inteligente”. 

ANÚNCIO
Veja como conseguir um Smart Money para o seu projeto
Foto: (reprodução/internet)

O que quer dizer que é algo que é alvo de todo (ou de muitos empreendedores) que querem aportes, empréstimos ou alguma forcinha para dar o pontapé inicial no projeto. No entanto, o smart money é um aporte que vai além do dinheiro. Às vezes, nem é sobre dinheiro. 

Ou seja, os aportadores ou investidores focam em repassar ou vender a sua experiência de mercado para que a startup consiga se erguer ou reerguer. Assim sendo, são pessoas que contribuem com insights e conhecimento. A ideia é complementar a equipe. 

ANÚNCIO

Como funciona um Smart Money

Atualmente, um dos melhores estudos sobre o tema foi feito pelo João Kepler, no livro com o mesmo nome. Ele comenta que o conhecimento dessas pessoas é mais importante do que o dinheiro para aquele momento da empresa, da startup.

Veja como conseguir um Smart Money para o seu projeto
Foto: (reprodução/internet)

Isso porque ele também tem uma contribuição estratégica e que influencia na tomada de decisão. Sem contar que, quase sempre, são profissionais que trazem credibilidade para a empresa que está só começando. Isso aumenta as chances de sucesso do negócio. 

Mais do que saber conceitos financeiros, esses investidores podem mostrar vivência, dar apoio técnico, ajudar a atrair os investidores financeiros, falar sobre a gestão do negócio e a análise de tantos outros pontos. 

A importância do Smart Money

Você entendeu o que é e como funciona esse tipo de investimento. Porém ainda não sabe se isso realmente é importante. Um dos pontos que podem responder isso tem a ver com o networking que essa pessoa vai agregar para a empresa iniciante. 

Veja como conseguir um Smart Money para o seu projeto
Foto: (reprodução/internet)

O resultado é que ela poderá alavancar resultados por meio dos contatos que esse investidor vai trazer em várias áreas. Isso pode ser um cliente, um fornecedor, concorrentes e até mesmo novos investidores, que podem fazer aportes. 

Sem contar que estamos falando de um mentor, que estará disponível para exercer o papel daquela pessoa que tira dúvidas e indica estratégias inovadoras. Curiosamente, saiba que existe mais do que um tipo de smart money, como falaremos mais adiante. 

A ideia é acelerar o projeto

Ainda que possa não parecer importante, saiba que muitas vezes, mais do que ter o dinheiro em mãos é importante ter esse conhecimento. Por isso, a ideia de um smart money é a de acelerar o projeto do ponto de vista da ideia, do amadurecimento da ideia. 

Veja como conseguir um Smart Money para o seu projeto
Foto: (reprodução/internet)

Sendo assim, estamos falando sobre usar o dinheiro de forma mais inteligente, muito mais do que pensar em fundos, em sócios ou investidores-anjo. Em boa parte dos casos, isso pode ser muito mais útil do que propriamente conseguir o empréstimo financeiro. 

Assim, acredita-se que esse investidor não estará ali, presente, no dia a dia da empresa. No entanto, ele pode aparecer como uma espécie de consultor, que é chamado sob demanda, para falar e trazer dicas sobre pontos específicos, que acontecem durante toda a jornada. 

O investidor dá opinião?

Um ponto curioso é entender que muita gente acha que o investidor do smart money vai contribuir dando opinião sobre isso ou aquilo. Só que a ideia não é que ele fale “eu acho que você deve fazer isso ou aquilo” e nem mesmo sobre “faça assim ou assado”. 

Veja como conseguir um Smart Money para o seu projeto
Foto: (reprodução/internet)

No contexto geral, o que eles podem é sugerir algumas soluções, afirmando coisas como “veja como essa outra empresa resolveu esse problema” ou “esse é um ótimo documento para você ler agora e entender mais dessa etapa”. 

É por isso mesmo que a tradução de smart money também se dá por “uma forma de potencializar o sucesso da startup”. E note que não se fala, tanto assim, em recursos financeiros, já que o conceito está muito mais voltado para a expertise de mercado. 

Os tipos de Smart Money

Hoje em dia, a gente pode citar dois tipos de investidores Smart Money. Sendo assim, o Real Smart Money é aquele que tem conhecimento e técnica para contribuir com o negócio. Já o Fake Smart Money apenas se aproveita da boa ideia que a startup possui. 

Veja como conseguir um Smart Money para o seu projeto
Foto: (reprodução/internet)

Mas note que ambos podem ser bons para você, o que vai depender do perfil de cada ideia. No caso do Real, eles possuem trajetória de sucesso e, por isso, se preocupam demais com a tomada de decisão do novo empreendimento. Eles são como mentores. 

Já o Fake tem capital e conhecimento, porém, ainda não tem a expertise do mercado. Logo, ele pode contribuir com algumas tarefas da empresa, como na hora de sugerir ideias e abraçar a causa que foi criada pelos idealizadores do projeto. 

Como atrair os investimentos Smart Money

Já chegando ao fim, a nossa ideia é trazer aqui uma série de ideias para quem quer contar com esse tipo de investimento na sua startup. Afinal, como você acabou de ver, elas são opções viáveis do ponto de vista da gestão e da tomada de decisão e não apenas do financeiro. 

Veja como conseguir um Smart Money para o seu projeto
Foto: (reprodução/internet)

O problema é que não vai cair, na sua rede, um investidor como esse se você só ficar esperando. De um modo ou de outro, você tem que ir atrás deles, fazer contatos, participar de eventos, estar inserido no mercado dos grandes investidores. Falaremos disso abaixo.

O investidor pode estar ao seu redor

A primeira dica é olhar para o lado. É isso mesmo. Considere que pode ser que você tenha uma pessoa ao lado que possa atuar como esse investidor que tem conhecimento para passar. E tem muita gente que se engana com isso porque não nota o que realmente importa.

Veja como conseguir um Smart Money para o seu projeto
Foto: (reprodução/internet)

A gente está falando sobre conhecimento, concorda? Então, pode ter certeza que alguém que atuou em um mercado por décadas vai conhecer do mercado. Essa experiência conta muito e pode ser muito efetiva para que o seu negócio dê certo. 

Sendo assim, evite ficar apenas procurando quem está longe, lá adiante, em outro país, em livros. Olhe para o lado e veja quem é realmente conhecedor do assunto que você precisa para introduzir o seu produto no mercado ou para se tornar referência no mercado. 

Os eventos de empreendedorismo

Uma segunda dica bacana é sobre participar de eventos. Nesse caso, a gente está falando do networking. Ora, como já comentamos aqui, o investidor não vai cair do céu, né. Então, quanto mais inserido em eventos você estiver, maior a chance de conhecer essas pessoas.

Veja como conseguir um Smart Money para o seu projeto
Foto: (reprodução/internet)

Os eventos de empreendedorismo são ótimos para isso. Neles, você pode expor a sua ideia, trocar experiência, falar com especialistas. No Brasil, a gente tem dois grandes eventos que sempre fazem surgir parcerias: Anjos do Brasil e Curitiba Angels. 

Ah, sem falar do Shark Tank, né? A apresentação acaba sendo uma ótima forma de aprender sobre inovação, empreendedorismo e negócios. Ainda que os participantes não sejam investidores, eles permitem formas de divulgar ideias e negócios. 

O modelo de negócio e o pitch

Para quem não sabe, o pitch é uma etapa que é usada quando a pessoa já encontrou um possível investidor. O problema é que após isso é preciso “convencer” ele de que você tem uma ótima ideia/projeto. É para isso que o pitch serve.

Veja como conseguir um Smart Money para o seu projeto
Foto: (reprodução/internet)

Assim, se há uma boa dica é sobre ter um modelo de negócio pronto e bem estruturado, já que isso pode aumentar muito as suas chances de ter uma parceria. O Kleper, citado acima, comenta sobre citar no modelo o mercado, os concorrentes, os resultados, o investimento. 

Além disso, também é bacana que se considere o percentual de participação que será concedido ao investidor. Sem contar que você deve responder a uma pergunta: qual o problema que será resolvido com a sua startup?

A arte de atrair investidores e dinheiro inteligente para o seu negócio

Acima, a gente citou o livro de João Kepler e ele tem esse nome: “Smart Money: a arte de atrair investidores e dinheiro inteligente para seu negócio”. Atualmente, ele está sendo vendido por menos do que R$ 30 em várias plataformas digitais. 

A publicação é de 2018, ele tem 192 páginas e além de estar citado como de administração e negócios, também é uma obra voltada para Autoajuda. Na Amazon, ele recebe uma nota positiva dos leitores, sendo uma pontuação de 4,6 estrelas, de um total de 5.