Aprenda 10 dicas para fugir dos golpes ao fazer compras online

As compras pela internet ganharam força nos últimos meses, especialmente com o início da pandemia e as medidas de isolamento social que aconteceram. Por outro lado, muita gente que ainda não tenha o hábito de comprar online acabou ficando desconfiada.

ANÚNCIO

Inclusive, essa desconfiança deve sim acontecer como forma de evitar as fraudes e os golpes virtuais. Por outro lado, considere que tem dicas simples que podem ajudar você a fazer uma compra na rede de forma muito segura, minimizando a ação dos hackers. 

Aprenda 10 dicas para fugir dos golpes ao fazer compras online
Foto: (reprodução/internet)

1 – A qualidade dos textos

Esse talvez seja aquele tópico que todo mundo ache o mais bobo. No entanto, considere que ele pode ser determinante para saber se você está prestes a cair em um golpe, viu. O motivo é simples: geralmente, os hackers não se atentam muito ao texto.

ANÚNCIO
Aprenda 10 dicas para fugir dos golpes ao fazer compras online
Foto: (reprodução/internet)

O que eles fazem, na verdade, é copiar conteúdo de páginas oficiais, certo? Porém, quando precisam criar frases ou textos novos acabam se perdendo entre os erros de ortografia, de gramática, entre outros. Por isso, essa é uma dica que faz sentido. 

Além do mais, você não vai ver uma foto de qualidade ruim no site da Americanas.com, da Magazine Luiza, por exemplo. Isso quer dizer que a construção de uma página ou de um site de forma amadora pode ser um bom indício de fraude na internet.

ANÚNCIO

2 – A reputação da empresa

A próxima das dicas também faz parte do bê-á-bá para encontrar tentativas de golpes online. Assim sendo, se você está meio desconfiado da promoção ou do preço super acessível do produto, considere como primeiro passo verificar a reputação da empresa. 

Aprenda 10 dicas para fugir dos golpes ao fazer compras online
Foto: (reprodução/internet)

A boa notícia é que hoje em dia a gente tem várias maneiras de fazer isso de forma rápida. Você pode acessar o site do Reclame Aqui e ver o que as pessoas falam dessa loja online. Depois, você pode ir no site do Procon e ver a lista de empresas fraudulentas.

Por último, considere que as redes sociais (como Facebook e Instagram) tem servido muito bem como ferramenta para ajudar as pessoas a evitarem essas dores de cabeça ao comprar um produto e nunca o receber. Entra na página da empresa nas redes e leia os comentários.

3 – Os dispositivos seguros

Agora temos outra das dicas mais fáceis para se evitar golpes na rede: faça compras e pagamentos apenas usando redes de internet seguras ou páginas seguras. Obviamente, o computador ligado ao wi-fi por cabo de rede é a fonte mais segura de todas.

Aprenda 10 dicas para fugir dos golpes ao fazer compras online
Foto: (reprodução/internet)

Aliás, muito mais do que a rede pública ou do que o sinal de 3G ou 4G. Mais do que isso, não compre em sites, quaisquer sites, se estiver usando um computador que não é o seu. Tudo isso aumenta a chance de os hackers agirem.

Inclusive, talvez você não saiba, mas alguns golpes acontecem através de um planejamento. É isso mesmo: os ladrões fazem um estudo para ir se conectando a você e aos poucos vão roubando informações, como dados, senhas e imagens até que conseguem dar o golpe. 

4 – A promoção está boa demais?

Você já ouviu falar que quando o milagre é demais até o santo desconfia, certo? Aqui, a gente quer falar um pouco disso. Considere que tem muitos sites fazendo promoções incríveis sim. Inclusive, a internet é usada para isso como forma de atrair consumidores

Aprenda 10 dicas para fugir dos golpes ao fazer compras online
Foto: (reprodução/internet)

No entanto, quando estamos falando de algo fora da realidade é preciso tomar os devidos cuidados. Você sabe por que? É só se pôr no lado dos hackers: se você oferece um produto com ótimo preço, isso não faria as pessoas se interessam pela compra? É isso que eles fazem.

Então, use aquela técnica da respiração: respire fundo, conte até 10 e comece a pesquisar sobre esse site que você pretende comprar. Não há dúvidas de que os preços muito reduzidos podem ser sinais claros da tentativa de fraude. 

5 – A idoneidade da empresa

O nome parece complicado, mas isso é bem mais simples do que parece. O que você tem que fazer é procurar pela razão social da empresa, além do CNPJ, das inscrições, do endereço físico e tudo mais que é de seu direito.

Aprenda 10 dicas para fugir dos golpes ao fazer compras online
Foto: (reprodução/internet)

Depois, você pega isso e vai até o site da Receita Federal para saber se essa é uma empresa ativa. Se o site não indica e deixa claro essas informações, você tem um ótimo motivo para desconfiar dele. Ok?

Além do mais, a partir desses dados você fica sabendo se a razão social está muito diferente do nome que o site tem. Na verdade, não tem problema nisso. Porém, muitas vezes, dá para ver que aquele e-commerce não existe, entendeu?

6 – O contato direto

Outro indicio de fraude na internet, que você pode notar antes de finalizar uma compra online, tem a ver com o contato direto da loja ou do lojista. Inclusive, você pode “jogar o verde”, sabe? Então, procure um dos canais de comunicação e tente tirar uma dúvida.

Aprenda 10 dicas para fugir dos golpes ao fazer compras online
Foto: (reprodução/internet)

Se você notar que eles não respondem ou que os canais de comunicação ficam escondidos, saiba que também há motivos para desconfiar. Por outro lado, saiba que hoje em dia a maioria das páginas oferecem o contato digital, como pelo WhatsApp e chat.

E tudo bem nisso, está bem? De todo modo, o ideal é você confirmar se aqueles canais de comunicação e contanto funcionam mesmo ou se são apenas “fantasmas” para enganar os consumidores. E não é nada complicado mandar um Oi pelo chat, não é?

7 – A certificação digital

Ainda que não seja uma obrigatoriedade, considere que muitos e-commerces optam por deixar visível para os clientes os seus selos de certificação e de segurança. Obviamente, isso é um ponto positivo para dar ao consumidor essa confiança na compra. 

Aprenda 10 dicas para fugir dos golpes ao fazer compras online
Foto: (reprodução/internet)

Se a página da loja virtual que você está comprando tem isso, ótimo. Ainda assim, clique no selo para ver sobre o que ele é. Afinal, muitas vezes, os hackers inserem ali pequenas imagens para desfocar o consumidor do intuito de verificar a autenticidade do site

A principal certificação que se usa hoje é a SLL, que quer dizer que um site é autorizado pelo Google ou outras empresas da internet para operarem. E para saber isso, você tem que verificar se a página começa com “https” por exemplo. 

8 – O valor da compra

Tem um golpe que não é o mais comum, só que está ganhando força nos últimos meses, que é o do valor da compra. Isso porque a pessoa que compra acaba não conferindo o pedido do carrinho com o valor do boleto ou da compra finalizada. 

Aprenda 10 dicas para fugir dos golpes ao fazer compras online
Foto: (reprodução/internet)

Assim, não nota a diferença que pode existir. É claro que nem sempre se trata de um golpe e sim de um erro na hora de efetuar a compra. Porém, o que estudiosos têm visto é que hackers usam isso para ganhar dinheiro também. Então, é melhor sempre conferir os dados e valores.

Até mesmo porque ainda que seja um erro, você não deve pagar mais por isso, né. 

9 – A forma de pagamento

No final da matéria, a gente vai ter uma dica para falar sobre a forma mais comum de comuns virtuais. Antes disso, considere que a forma de pagamento também vai dizer muito sobre isso. Mas, como assim?

Aprenda 10 dicas para fugir dos golpes ao fazer compras online
Foto: (reprodução/internet)

Note que hoje em dia existe a possibilidade de você usar o cartão virtual. E isso é bom porque diminui demais as chances de golpistas clonarem o seu cartão que será usado na compra online. Além da versão virtual, o boleto também é mais seguro.

Inclusive, sempre que for possível opte por fazer compras diretamente do app da loja e evite também, ao máximo, abrir links que chegam por e-mail ofertando produtos. O ideal é você digitar, manualmente, a página da loja na barra do endereço eletrônico. 

10 – Os comprovantes

A última das dicas para fugir dos golpes ao fazer compras online é sobre guardar os comprovantes da compra. Obviamente, isso pode não servir para nada. Ainda assim, há casos em que os códigos de confirmação podem ser úteis. Logo, é melhor se prevenir. 

Aprenda 10 dicas para fugir dos golpes ao fazer compras online
Foto: (reprodução/internet)

Por exemplo, você poderá usá-lo para fazer reclamações e até mesmo entrar com ações no judicial. Até mesmo porque, nesse último caso, você vai precisar do maior número de provas possível de que fez a compra e o pagamento. 

Curiosamente, mesmo que não tenha caído em algum golpe online, considere que se desconfiar de uma fraude, você pode entrar em contato com o Procon e os órgãos de defesa do consumidor para falar disso. Assim, você ajuda outras pessoas menos preparadas. 

Você sabe qual é o principal golpe nas compras online?

Apesar de todas as dicas que estão acima, saiba que hoje em dia o golpe do cartão de crédito ainda é o mais comum de acontecer na rede. Logo, ele é possível de diversas formas, mas ganhou força no ambiente virtual.

Assim, quando você toma os devidos cuidados, você também evita essa fraude. No caso, os hackers conseguem pegar as informações do cartão, como nome completo e até mesmo a senha. O problema é que nem sempre dá para perceber a clonagem – só quando a fatura vem.