Primeiro Salário - o que NÃO fazer com ele

Você pode ser novo e ter começado há menos de um mês no emprego ou pode ter conseguido uma recolocação no mercado. O fato é que ao receber o primeiro salário, a euforia e alegria tomam conta do seu dia. O problema é quando isso se transforma em gastos e compras

ANÚNCIO

Há vários estudos que mostram que esse sentimento pode atrapalhar demais a sua vida financeira. Ainda que você seja merecedor daquele dinheiro, considere que deve manter o seu poder e controle sobre ele. E isso se faz tomando algumas medidas, como essas abaixo. 

Primeiro Salário - o que NÃO fazer com ele
Foto: (reprodução/internet)

Não pagar as contas essenciais

Se você pegar o seu primeiro salário e esquecer das contas domésticas, de casa, que são essenciais, possivelmente, no próximo mês ou meses você ficará sem água e sem energia, o que não é legal se a gente considerar a modernidade que temos hoje. 

ANÚNCIO
Primeiro Salário - o que NÃO fazer com ele
Foto: (reprodução/internet)

Portanto, essa é uma ótima oportunidade de colocar tudo em dia ou, simplesmente, pagar essas contas que serão essenciais para você no próximo mês. Curiosamente, você mesmo pode estudar e descobrir o que é essencial para você, para o seu marido e para a sua família. 

Não pagar ou quitar as dívidas

Dependendo da sua dívida, o seu primeiro salário não vai ser suficiente para quitar ela integralmente. No entanto, você já pode dar o primeiro passo na negociação de dívidas. E o que seria isso? Algo como ir até o banco ou credor conversar sobre ela. Negocie.

ANÚNCIO
Primeiro Salário - o que NÃO fazer com ele
Foto: (reprodução/internet)

Você deve estudar um valor mensal a ser pago, como uma espécie de parcelamento da dívida. Assim, ao longo do tempo, você conseguirá quitar ela. E tem um detalhe: você não vai poder atrasar as parcelas de novo, está bem? Por isso, pense em um valor que seja possível mesmo.

Emprestar dinheiro para o melhor amigo

Na boa, se você for emprestar dinheiro para um amigo, colega, namorado, mãe, pai, tio... Saiba que o melhor é dar do que emprestar. Esse conceito de empréstimo social, entre amigos, sempre gera muita confusão e problemas. Por isso, evite o transtorno desde o começo. 

Primeiro Salário - o que NÃO fazer com ele
Foto: (reprodução/internet)

A ideia não é desconfiar de que ele pagará o empréstimo. Só que pode ser que você precise do dinheiro mais rápido do que imagina. Aí vai ser um corre-corre para pegar de novo e a gente nunca sabe o dia de amanhã, certo? Muita gente perde a amizade por conta disso, viu. 

Pagar pizza para todo mundo

Essa é uma expressão simbólica para dizer que não, de fato, você não precisa pagar pizza para todo mundo quando receber o seu primeiro salário. Sendo assim, considere que dependendo de como for, o conceito de cada um pagar o seu continua sendo o mais justo e mais eficaz.

Primeiro Salário - o que NÃO fazer com ele
Foto: (reprodução/internet)

É claro que nada impede você de fazer um agrado para alguém, comprar um mimo para o filho, etc. Mas lembre-se de que não será inteligente da sua parte torrar tudo com presentes e mimos, está bem? A sua comemoração e felicidade não deve se resumir em compras. 

Ficar usando o cartão de crédito

Muita gente que recebe o primeiro salário comete o erro de achar que no mês que vem vai ter dinheiro de novo na conta, por isso, o cartão de crédito estará liberado. Porém não é uma ideia inteligente para quem está começando a receber salário agora ou que voltou a receber. 

Primeiro Salário - o que NÃO fazer com ele
Foto: (reprodução/internet)

Sendo assim, não se deve gastar um dinheiro que ainda não se tem, concorda? O cartão de crédito é um modo de pagamento que precisa ser muito bem estudado. Ele pode servir para casos emergenciais, como uma compra grande e parcelada, como de geladeira, etc. 

Esquecer de acompanhar a conta

Agora, um erro clássico que é um verdadeiro tiro no pé. A pessoa recebeu o dinheiro e deixou todo na conta. Então, ela vai passando o cartão de débito em cada compra que faz. Porém acaba perdendo o “juízo” de verificar o saldo final. Pode ser esquecimento ou falta de atenção.

Primeiro Salário - o que NÃO fazer com ele
Foto: (reprodução/internet)

Ela acha que se não tiver dinheiro, não dará para pagar a conta. Mas dá sim. Isso porque existe o cheque especial, que é uma espécie de empréstimo automático que o banco faz. Então, mesmo sem dinheiro na conta dá para comprar. O problema é que os juros são altos.

Deixar de fazer a anotação de gastos

Quando a pessoa não tinha muitos recursos, ela anotava todos os gastos para saber das finanças. Agora que tem um bom salário ou começou a ganhar mais, ela acha que isso não é mais importante. E aqui temos um próximo erro. Afinal, isso continua sendo importante.

Primeiro Salário - o que NÃO fazer com ele
Foto: (reprodução/internet)

O conceito de controle de gastos, independente do salário, passa por esse trabalho manual de anotar gastos, independente se é um gasto alto como de uma parcela do financiamento ou um gasto mínimo, como do café na padaria pela manhã. Sempre anote, essa é a regra. 

Continue usando o lazer gratuito

Outra boa dica que temos aqui é sobre continuar usando o entretenimento e o lazer gratuito. Isso porque o que você não deve fazer com o seu primeiro salário é sair por aí pagando mensalidades de tudo o que vê pela frente, comprando ingressos, bebidas, etc. 

Primeiro Salário - o que NÃO fazer com ele
Foto: (reprodução/internet)

Na verdade, é muito importante que você entenda que a conta sempre tem que fechar: e você tem que gastar menos do que ganha. Se começar a pagar assinaturas, mensalidades, fazer compras adoidado o seu salário se tornará insuficiente antes mesmo de ter um salário. 

Achar que não precisa mais conferir o troco

Parece piada, mas não é. Tem muita e muita gente que paga em dinheiro em espécie, sabe? Tudo bem. Só que os atendentes das lojas são humanos e podem errar no troco. Mais do que isso, nem todos estão aptos para assumirem os seus erros – infelizmente. 

Primeiro Salário - o que NÃO fazer com ele
Foto: (reprodução/internet)

Dessa forma, continue conferindo o troco para evitar perder dinheiro. Mais do que isso, lembre-se sempre de verificar se o preço do produto que você está pagando é o mesmo que foi anunciado. Há muitas lojas, inclusive mercados, que não atualizam as promoções. 

Comprar o que não é necessário

Existe um sério problema que assombra quem começa a ganhar dinheiro, como quem recebe o primeiro salário da vida: que é o de querer comprar tudo o que está ao alcance. Afinal, isso dá aquela sensação de liberdade. Porém para que comprar algo que não será tão útil assim?

Primeiro Salário - o que NÃO fazer com ele
Foto: (reprodução/internet)

Lembre-se que mesmo que tenha dinheiro na conta ou na carteira, você não tem que sair por aí gastando tudo, ok? Ao contrário, quanto mais dinheiro você tem maior é a responsabilidade de fazer compras mais bem pensadas, mais inteligentes, menos desnecessárias, ok?

Gastar desenfreadamente

Agora, você não vai conseguir fazer nada do que falamos acima se você gastar o seu salário sem pensar no amanhã. Muita gente tem aquela ideia de que “merece” esse gasto ou é uma forma de “comemorar o emprego”. Isso pode ser verdade, mas somente em partes. 

Primeiro Salário - o que NÃO fazer com ele
Foto: (reprodução/internet)

O motivo é que desde o primeiro salário dá para considerar o bom uso dele. Você pode gastar, comprar, comemorar e fazer tudo o que quiser, mas com parcimônia e inteligência. Como falamos, se você gastar tudo na balada pode ser que o seu trabalho tenha sido em vão. 

Comece a planejar o futuro

Esse ponto também é interessante porque muita gente tem aquela ideia errada de que investimentos é coisa de gente rica, o que está longe de ser verdade. Agora, já que você está recebendo um salário, que tal começar a comprar um título do Tesouro, por exemplo?

Primeiro Salário - o que NÃO fazer com ele
Foto: (reprodução/internet)

Isso poderá garantir o seu futuro. E você pode começar com R$ 50 ou menos, se a gente considerar os títulos do Tesouro. E você ainda tem um monte de opções da renda fixa, que é uma opção e melhor do que a poupança, já que rende mais e te ajuda a não fazer o resgate. 

Aprenda a investir conforme os objetivos

A última dica também é sobre investimentos. Considere que o seu salário poderá ser fixo por longos anos. Além do mais, o investimento pode entrar como meio de aumentar, dobrar ou multiplicar o seu dinheiro. Isso porque ele trabalha com a ideia dos juros compostos.

Primeiro Salário - o que NÃO fazer com ele
Foto: (reprodução/internet)

Sendo assim, aqueles R$ 100 investidos hoje podem ser somados e no ano que vem estar rendendo dinheiro sozinho para você. Ainda que pouco, saiba que é o começo. Logo, quanto mais dinheiro investido você tiver, maior o seu lucro. Ou seja, dá para ganhar dinheiro sem muito esforço.

Evite se acomodar!

É claro que receber o primeiro salário é ótimo em vários sentidos. Porém não se acomode achando que aquilo é o suficiente para você. Tanto que se você é capaz de ir além, saiba que poderá ganhar novos cargos, novos salários, acréscimos, bônus. 

Mais do que isso, você sempre terá a chance de migrar de um trabalho para o outro. O importante é entender que tudo tem uma hora certa para acontecer. Por isso, usar o primeiro salário com inteligência vai fazer a diferença para os próximos salários também.