5 dicas para quem deseja comprar a casa própria

O sonho da casa própria é algo que está presente no coração da maioria dos brasileiros. Afinal, ninguém merece gastar rios de dinheiro com aluguel para o resto da vida e não conseguir ter a própria moradia.

ANÚNCIO

No entanto, para cumprir este objetivo, é preciso ter muita cautela e sabedoria. A quantia em dinheiro que você vai precisar para isso, com certeza não será pequena. Por isso, é preciso respirar fundo, fazer todos os questionamentos necessários e só depois partir para a compra.

Pensando nisso, nós fizemos uma seleção das cinco dicas que você precisa seguir antes de fazer este tipo de investimento. Ficou curioso? Continue a leitura deste artigo e se prepare para o grande dia em que terá a sua casa própria.

ANÚNCIO
Fonte: reprodução/internet

Conheça todos os pontos importantes para a compra da casa própria e se prepare para a realização desse sonho.

Este é o momento certo para ter a casa própria?

Diferente do que diz o senso comum, saber se é ou não a hora certa de comprar a casa própria não depende exclusivamente da condição financeira. É preciso levar em consideração as circunstâncias pessoais e profissionais que está vivendo no momento.

ANÚNCIO

Ter uma estabilidade no trabalho e até mesmo na vida conjugal é considerado um ponto positivo. Por exemplo, é possível que aconteça uma transferência no seu trabalho e você acabe tendo que ir morar em outra cidade.

Ou ainda, o filho nasceu, a família ficou maior e a casa precisa de mais cômodos. Essas são situações que podem acabar frustrando o sonho a ser realizado.

Pesquise opções de financiamento

Para quem não tem dinheiro para comprar uma casa a vista, essa pode ser uma boa opção. É importante ficar de olho porque em alguns casos a parcela fica pequena, mas a taxa de juros que irá incidir sobre ela poderá ser alta.

A principal dica aqui é fazer uma boa pesquisa antes de fechar qualquer negócio. Busque por opções de bancos, imobiliárias e outros estabelecimentos antes de tomar uma decisão que poderá acompanhar a sua família por alguns anos.

Observe o valor da entrada

Dar uma boa entrada à vista no imóvel é o ideal para o restante do processo de compra. Dessa forma, o valor a ser financiado será o menor possível e, consequentemente, a parcela a ser paga cai assim como a taxa de juros.

Então, é vantagem economizar durante alguns anos para poder dar uma boa quantia inicial. Segundo alguns especialistas, o ideal é que a entrada seja de, no mínimo, 60% do valor total a ser pago. Por exemplo, se a casa ou apartamento custar R$ 300 mil, o valor inicial deve ser de R$ 180 mil.

Quanto posso pagar na parcela da casa?

Em nossas vidas, acabamos juntando parcelas de muitas compras. Com isso, algumas pessoas acabam entrando no vermelho. É importante fazer todos os cálculos necessários antes de tomar essa decisão.

A questão é que algumas pessoas acabam perdendo o imóvel se não conseguem pagar as prestações. Então, essa é uma questão série e precisa ser avaliada. Confira o vídeo a seguir que dá dicas importante para que o interessados escolha o melhor valor de parcela.

Dinheiro reservado

Ao longo do processo de pagamento do valor financiado, muitas coisas podem acontecer, como uma demissão, por exemplo. Logo, é muito importante que, além de um bom valor para a entrada, você disponha de uma reserva de dinheiro emergencial.

O que os especialistas recomendam é que esta reserva seja o equivalente a 6 ou 8 meses do seu salário. Assim, caso algum imprevisto aconteça, você conseguirá manter o pagamento das parcelas em dia, assim como o seu estilo de vida.