21 dicas para limpar o nome e sair das dívidas

Cada vez mais, a população brasileira tem buscado regularizar suas dívidas e assim conseguir limpar seu nome. Contudo, nem sempre é possível não ficar endividado, imprevistos acontecem e um dinheiro destinado a uma conta acaba tendo que ser direcionado para outro objetivo.

ANÚNCIO

Um planejamento econômico nos permite enxergar em que o dinheiro está aplicado, e assim analisar os gastos desnecessários e novas maneiras de economizar. Assim, é importante começar a se organizar se quiser limpar seu nome e sair das dívidas.

21 dicas para limpar o nome e sair das dívidas
Fonte: (Reprodução/internet)

1. Calcule suas dívidas

O primeiro passo para você conseguir limpar seu nome é saber com o que ele foi sujo, então é importante fazer uma lista com todos os débitos acumulados até o momento. Com esse passo, você vai conseguir identificar qual o total da sua dívida e quanto ela compromete sua renda mensal.

ANÚNCIO
21 dicas para limpar o nome e sair das dívidas
Fonte: (Reprodução/internet)

Na hora da montagem da lista, é bom que você organize as dívidas por ordem de atraso e urgência de pagamento, tendo como prioridade as contas com maior taxa de juros, como é o caso dos cartões e cheque especial.

2. Negocie com os credores

Após somar todas as suas dívidas e definir sua capacidade para pagamento mensal, uma dica é tentar negociar os débitos mais caros e antigos com as instituições credoras, sendo esta uma forma de facilitar e talvez receber uma boa oferta para o pagamento da dívida.

ANÚNCIO
21 dicas para limpar o nome e sair das dívidas
Fonte: (Reprodução/internet)

Porém, é muito importante que antes de fazer esse contato com a instituição você já tenha estabelecido um limite de quanto das suas economias pode ser destinado para o pagamento da dívida. Assim, peça uma proposta e veja se ela está de acordo com o que você definiu.

3. Portabilidade de crédito

Caso as negociações com as empresas não venham dar certo, uma outra opção é a portabilidade de crédito. Neste caso, o consumidor deve procurar por uma outra instituição que ofereça as melhores condições de pagamento para a transferência da dívida.

21 dicas para limpar o nome e sair das dívidas
Fonte: (Reprodução/internet)

Nessa prática, a nova instituição irá quitar sua dívida antiga e criar um nova com parcelas mais ajustáveis ao seu limite de pagamento mensal. Por causa da procura em encontrar as melhores oportunidades de juros no mercado, é possível que você consiga reduzir a taxa de juros paga anualmente.

Assim, faça uma ampla pesquisa, hoje em dia muitas instituições já deixam disponíveis os dados em seus sites, assim busque por aquela que oferece a melhor taxa de juros e, assim, pague parcelas que caibam no seu orçamento.

4.  Comece a controlar os seus gastos

Após seguir essas dicas e organizar suas dívidas, é preciso adotar novos hábitos de consumo, pois assim, todo o trabalho conquistado até aqui não será perdido. É necessário que você assuma um compromisso pessoal para sair das dívidas e criar metas financeiras.

21 dicas para limpar o nome e sair das dívidas
Fonte: (Reprodução/internet)

Assim, faça uma autoanálise dos seus hábitos de consumo e veja se todos são essenciais ou se há gastos que podem ser cortados ou menos frequentes, principalmente nos momentos de dificuldade financeira.

5. Planilha de gastos

A melhor maneira para controlar seu orçamento financeiro é anotar todos os gastos, assim você irá conseguir identificar o seu perfil financeiro e entender quais são os pontos que mais impactam sua vida financeira.

21 dicas para limpar o nome e sair das dívidas
Fonte: (Reprodução/internet)

Então, use um caderno para anotações ou faça uma planilha no computador, hoje em dia existem aplicativos próprios para você organizar suas contas, o importante é que você listar todos os seus gastos mensais, sem deixar de fora os menores.

6. Educação financeira

Outro importante fator que vai te ajudar a manter seu nome limpo e uma vida financeira estável é estudando, a educação financeira é fundamental para que você não volte a acumular dívidas novamente.

21 dicas para limpar o nome e sair das dívidas
Fonte: (Reprodução/internet)

Assim, pesquise por canais no Youtube ou sites especializados nesse ensino, o site da instituição financeira Neon separou 8 cursos online e gratuitos de educação financeira para que você acesse e comece os estudos.

7. Junte a família

Para muitos, falar que está endividado pode ser uma grande vergonha, porém é preciso reunir a família e explicar a situação, antes que vire uma grande bola de neve de dívidas. A família toda tendo conhecimento financeiro é melhor do que apenas uma pessoa tentando recuperar a renda familiar.

21 dicas para limpar o nome e sair das dívidas
Fonte: (Reprodução/internet)

Assim, é importante desenvolver uma cultura de estímulo ao ensino financeiro em família, assim, desde cedo, você já explica aos pequenos como é importante economizar e o caminho para o equilíbrio econômico fica bem mais fácil.

8. Renda extra

Quando as contas saem do controle, às vezes arranjar uma renda extra pode ser uma solução mais viável e interessante. Atualmente, milhares de brasileiros empreendem no mercado, buscando também uma independência financeira. É preciso paciência e esforço, mas aos poucos é possível alcançar seu objetivo.

21 dicas para limpar o nome e sair das dívidas
Fonte: (Reprodução/internet)

Então, seja produzindo doces, comidas ou prestando serviços, com o meio digital ficou mais simples divulgar seu trabalho e aumentar seu alcance. Com isso, analise as possibilidades que estejam de acordo com seu perfil econômico e estabeleça uma meta com o novo empreendimento para ser atingida.

9. Cartões de crédito

Hoje em dia é realmente difícil ver uma pessoa sem um cartão de crédito, ele veio para facilitar a vida financeira de muitas pessoas. O problema está quando não há um controle no seu uso, sendo um dos principais motivos do endividamento de milhares de brasileiros.

21 dicas para limpar o nome e sair das dívidas
Fonte: (Reprodução/internet)

Um dos maiores erros é recorrer a várias operadoras de crédito, quando uma não lhe dá o limite desejado ou quando já não tem mais limite. Assim, é recomendável que uma pessoa tenha no máximo até 3 cartões de crédito e que seus limites somados não ultrapassem 50% da renda líquida mensal.

10. Prefira comer em casa

Além de ser mais saudável, é bem mais econômico você comer em casa, não precisa ser sempre, mas criar esse hábito vai lhe fazer economizar um bom dinheiro. Sem falar nas opções de delivery, que ainda contam com o frete.

21 dicas para limpar o nome e sair das dívidas
Fonte: (Reprodução/internet)

Os gastos com alimentação fora de casa é um dos maiores dentro da população brasileira, assim, se você tem o hábito de sempre almoçar fora e fazer pequenos lanches em lanchonetes, talvez esteja na hora de diminuir a frequência e preparar marmitas para levar ao trabalho, assim você garante uma economia no fim do mês.

11. De olho nos parcelamentos

É muito comum parcelamos compras de alto valor e pagar em parcelas que se ajustem ao nosso orçamento, até aí tudo bem. O problema está nas parcelas de compras de baixo valor, que consomem boa parte do orçamento.

21 dicas para limpar o nome e sair das dívidas
Fonte: (Reprodução/internet)

Essas pequenas compras passam despercebidas e quando nos damos conta estão consumindo uma grande parte do orçamento. Além disso, há o parcelamento automático realizado quando não se paga o valor total da fatura, aqui as operadoras parcelam o que ainda não foi pago no maior número de parcelas que costumam contar com altas taxas de juros.

Com isso, é bom você anotar todas compras feitas com o cartão, anote o valor das parcelas e em quantas vezes o produto foi dividido. Tente parcelar apenas o que for necessário, como os itens de alto valor e tente pagar os mais baratos à vista.

12. Negocie suas contas fixas

Algumas prestadoras de serviços, para não perderem seus clientes, costumam negociar dívidas e melhores pacotes para uso de seus serviços. Contas como telefone, TV a cabo e internet são possíveis de negociar.

21 dicas para limpar o nome e sair das dívidas
Fonte: (Reprodução/internet)

É válido também analisar a necessidade de tais serviços em sua residência, pois se você é uma pessoa que não passa muito tempo em casa, talvez um pacote mais básico seja o suficiente para suas necessidades. Também é super válido, caso não consiga uma boa oferta na negociação, busque por outras operadoras com melhores ofertas.

13. Corte gastos desnecessários

Não adianta nada você negociar suas dívidas se ainda continuar gastando com coisas desnecessárias. Seja um tênis de marca, uma roupa da moda ou só pelo simples fato de ter o produto, o consumismo faz com que façamos grandes dívidas.

21 dicas para limpar o nome e sair das dívidas
Fonte: (Reprodução/internet)

Diariamente como bombardeamos em propagandas e nas redes sociais com produtos e serviços que talvez não precisamos tanto, porém é tanta pressão para comprar que acabamos não resistindo. Os gastos desnecessários são praticamente impossíveis de evitar, contudo, podem ser controlados, então crie um valor limite mensal para esses gastos.

14. Busque novas formas de lazer

Momentos de lazer são necessários para se manter calmo diante da rotina e ter momentos com a família e amigos, porém nem sempre esses hábitos são tão baratos. Seja apenas um cineminha ou uma ida ao bar, a conta no final pode ser assustadora.

21 dicas para limpar o nome e sair das dívidas
Fonte: (Reprodução/internet)

Em uma ida ao shopping é muito fácil gastarmos R$100 em poucas horas, assim, não é preciso cortar, mas sim buscar por alternativas mais econômicas ou gratuitas, como idas ao parque ou juntar os amigos em casa, o valor economizado pode fazer uma grande diferença no final do mês.

15. Reserva de emergência

Imprevistos podem acontecer, ninguém sabe o dia de amanhã, assim um dinheiro destinado a pagar uma conta pode ser aplicado em algo que não estava no seu planejamento, mas que precisa ser feito imediatamente.

21 dicas para limpar o nome e sair das dívidas
Fonte: (Reprodução/The Capital Advisor)

Para isso é importante ter uma reserva financeira, ela será uma opção para você correr caso algum imprevisto aconteça. Assim, o ideal é que você tenha uma reserva que equivale a pelo menos 3 salários mensais, diminuindo as chances de possíveis endividamentos, então aos poucos vá reservando parte de suas economias para essa poupança e não esqueça de colocá-la na planilha.

16. Consumo consciente

Aqui você deve estar pensando que vamos abordar sobre questões de economia de água, eletricidade e afins, porém, apesar desses hábitos salvarem o planeta e ainda garantir uma economia financeira, é sobre analisar seu consumo de produtos.

21 dicas para limpar o nome e sair das dívidas
Fonte: (Reprodução/internet)

Alguns produtos são mais caros apenas pela marca que carregam em suas embalagens, fazendo com que produtos menos conhecidos mas com as mesmas eficácias sejam deixados de lado. Então talvez seja uma boa opção apostar nesses produtos que costumam ser mais baratos.

17. Pratique a autoavaliação

Agora que você já entendeu as estratégias para começar a economizar e limpar seu nome é preciso continuar com os novos hábitos econômicos, é um processo contínuo que tem de estar presente sempre.

21 dicas para limpar o nome e sair das dívidas
Fonte: (Reprodução/internet)

É necessário entender o que te levou a chegar àquela situação, quais comportamentos fizeram você não controlar mais suas economias. Com essa autoavaliação dificilmente você irá repetir novamente essas ações e acabar com novas dívidas. A mudança de hábitos é essencial para a sua saúde financeira.

18. Como negociar dívidas

Para você que nunca negociou uma dívida é importante ficar atento a certos pontos para que faça um bom negócio. Como por exemplo, pesquise as condições e ofertas dos outros bancos e procure a melhor maneira para entrar em contato, às vezes uma conversa olho no olho pode ser essencial para que você consiga um bom acordo.

21 dicas para limpar o nome e sair das dívidas
Fonte: (Reprodução/internet)

Não esqueça de propor soluções e alternativas para o pagamento da dívida, e não se sinta intimidado demonstre confiança para que eles confiem em você, por fim, seja realista e sincero com sua condição. Caso a negociação não dê certo, uma outra alternativa são os feirões de renegociação, que dão ótimas oportunidades para conseguir condições especiais.

19. Iniciando novos projetos

Agora que você conseguiu economizar e quitou suas dívidas, talvez seja hora de começar novos projetos. Além de trazer uma renda extra, esse novo trajeto pode abrir novas portas trazendo independência financeira.

21 dicas para limpar o nome e sair das dívidas
Fonte: (Reprodução/internet)

Então se você já tiver um projeto está na hora de tirá-lo do papel, aqui a sua poupança será de extrema importância, pois agora já com um objetivo, é possível delimitar um valor e em quanto tempo você terá a quantia necessária para abrir seu novo negócio.

20 - Faça um investimento

E para quem não quer abrir um negócio, talvez o investimento seja outra alternativa de aplicar seu dinheiro e gerar retornos. Embora a poupança seja o meio mais utilizado para guardar dinheiro, a sua renda pode render mais em outras aplicações.

21 dicas para limpar o nome e sair das dívidas
Fonte: (Reprodução/Blog Yubb)

A rentabilidade média da poupança hoje em dia gira em torno de 0,5% ao mês ou 0,6% ao ano, assim vale a pena dar um conferida em outras modalidades, como:

  • Tesouro Selic: pacote de tesouro direto que remunera o investidor com base na taxa básica de juros (Selic);
  • Fundo de Renda Fixa: comunidade de investidores administrada por um gestor, responsável pela gestão de compra e venda de títulos públicos e privados;
  • Certificado de Depósito Bancário (CDB): título de crédito que os consumidores fazem aos bancos em troca de remuneração.

21. Financiamento estudantil

E para finalizar, não podia faltar uma dica para os estudantes que financiaram seus estudos de graduação. O FIES é uma iniciativa do governo que ajuda estudantes de baixa renda a ingressarem no ensino superior.

21 dicas para limpar o nome e sair das dívidas
Fonte: (Reprodução/internet)

O programa oferece um financiamento estudantil para ser pago após a conclusão do curso, mas caso ele não consiga pagar as parcelas terá de se comprometer com o valor mínimo.

Assim, para aqueles que estão com parcelas atrasadas no FIES, é preciso que busquem contato com a instituição bancária responsável pela assinatura do contrato e assim, solicitar uma renegociação de dívida. Nesse caso, o valor da parcela não poderá ser inferior a R$200.

Hora de pôr em prática

Agora que você já tem conhecimento de todas as dicas e opções para que você consiga limpar seu nome, está na hora de colocá-las em prática. Não esqueça que quando conseguir se estabilizar é preciso que continue com as práticas econômicas e assim, evitar de ficar inadimplente novamente.

Leia também: 9 podcasts sobre finanças para começar bem 2021.

References

Neon separou 8 cursos online e gratuitos - 8 cursos de educação financeira gratuitos para organizar o orçamento