5 cuidados para não cair em golpes com cartão, segundo especialistas

O cartão de crédito é seu meio principal de pagamento? Se sim, você não é o único e por isso deve estar ciente que golpes com esse tipo de serviço são comuns quando não se toma os devidos cuidados.

ANÚNCIO

O Canal Tech, que é especializado em assuntos tecnológicos, realizou pesquisa que mostrou que Brasil é o 2º país com mais fraudes com cartões.

Dessa forma, separamos as melhores dicas do Instituto de Defesa do Consumidor (Idec), da Visa e da Porto Seguro. Com essas dicas é possível minimizar os riscos de ser uma das pessoas que sofrem com os golpes de cartões.

ANÚNCIO
Fonte: (Reprodução/Internet)

Confira as cinco principais dicas para se prevenir de golpes aplicados em clientes de cartões de crédito.

1 - Não forneça informações em "atualização de dados"

Essas empresas do setor financeiro informaram algumas dicas sobre como evitar fraudes e golpes com cartão de crédito. São empresas renomada no setor e com essas cinco dicas é mais fácil se proteger e evitar esse infortúnio.

ANÚNCIO

A primeira é dada pelo Instituto de Defesa do Consumidor, o Idec, e fala da atualização de dados de cartões por telefone é um perigo. O instituto vê essa forma simples como a principal forma para dar golpes em pessoas, especialmente idosos.

Por isso, sempre que receber uma ligação pedindo para atualizar ou confirmar dados, o melhor é desconfiar – e não passar as informações. Conforme o Idec, nunca forneça senhas, códigos e nem mesmo informações pessoais nesses casos.

2 - Desconfie de páginas online não confiáveis

Outra coisa que o Idec avalia como perigosa e que pode resultar em golpes bancários é acessar links que você recebe no e-mail. O mesmo vale para sites estranhos, diferentes e não confiáveis.

O Idec afirma categoricamente que páginas que entram em contato seja pela internet ou então por telefone pedindo informações de crédito é preciso desconfiar. A saída, conforme o Idec, é ir diretamente ao banco ou ligar para a central de atendimento do emissor do cartão.

3 – Bloqueie o cartão em caso de roubo do celular

E o principal motivo para o Brasil ser um dos principais segundo a plataforma online, é o vazamento de dados. Isso, geralmente ocorre quando os usuários deixam os smartphones desbloqueados e corresponde a 27% dos casos.

Então, qual é a dica nesse caso? Assim que o seu celular for roubado ou perdido, ligue no emissor do cartão. Por esse meio, faça o bloqueio dele, mesmo que você esteja com o seu cartão em mãos.

Isso porque no seu celular pode ter ficado salvo as informações do cartão e é a partir disso que os golpistas agem. Ainda mais hoje, que é sabido que diversas informações pessoais estão nos smartphones.

Leia mais: Roubo de dados do cartão de crédito – Saiba como funciona e como prevenir.

4 – Cuide para não cair em faturas falsas do cartão

A dica agora vem da Porto Seguro, seguradora de produtos financeiros, como os cartões de crédito. Ela cita que um golpe comum é enviar uma fatura falsa para os clientes em que a pessoa paga o boleto, que não é original, e acaba perdendo o dinheiro.

A dica é justamente confirmar se o boleto é original. Opte por receber ele pelos aplicativos das empresas, como da Porto Seguro ou pelos e-mails oficiais das empresas. Utilizar sempre os meios oficiais do banco é essencial.

5 – Roubo do documento de identidade

A última dica para evitar golpes no cartão que temos é da Visa, uma das principais bandeiras de cartões do país e do mundo.

A dica é ficar atento à perda ou cópia do documento de identidade. Isso porque se alguém ou um ladrão com os dados pessoais pode por exemplo, entrar em contas, emitir documentos, cartões e outros produtos com os dados pessoais.

Então, ainda que o emissor tenha sua parcela de culpa, o cliente vai ter problemas. A saída é sempre conferir os extratos do cartão e ficar de olho na conta e nas compras. Se tiver dúvidas, cancele o cartão imediatamente.