O futuro do investimento em energia solar em 5 passos

Você sabe qual será o futuro dos investimentos feitos em energia solar? Para quem instala, a gente pode pensar da valorização do imóvel até o custo menor com o pagamento da conta de luz. Para quem empreende, a gente tem vantagens como o rendimento acima do Tesouro. E tem também a questão das franquias. 

ANÚNCIO

Uma curiosidade bem interessante é ver que a energia solar pode ser um ativo financeiro até mesmo mais rentável do que alguns investimentos da renda fixa. A gente vai falar sobre isso no tópico 3, leia tudo, descubra e surpreenda-se. 

E só para terminar essa introdução vamos contextualizar aqui a ideia da energia solar. Essa é uma fonte de energia renovável, sendo a que está mais disponível no Brasil. Assim, a transformação do sol em energia acontece por meio de células fotovoltaicas/placas solares.

ANÚNCIO

Essa produção é 100% limpa, sem emitir poluentes ou causar impactos ambientais. Por isso, o futuro da energia solar é promissor no mundo. Mas, para quem quer saber mais detalhes disso, a gente fez uma listagem com 5 passos que complementam essa ideia. 

Os 5 passos para ver o futuro do investimento em energia

Se o futuro do mundo tem a ver com a sustentabilidade, como não encontrar na energia solar uma fonte alternativa para isso? O Brasil é um país tropical, com muito sol o ano todo. Logo, esse já é um atrativo regional. Só que, mesmo assim, há quem diga que essa é uma tendência passageira, que não vai perdurar. E você, o que acha? Temos 5 chances de mudar essa opinião.

ANÚNCIO

1 – A tarifa de energia

O futuro do investimento em energia solar em 5 passos
Foto: (reprodução/internet)

Com certeza, esse é um ponto muito interessado a ser tratado aqui e a gente explica isso. Considere que hoje em dia a tarifa de energia pode dizer muito sobre o investimento em energia solar, assim como sobre o futuro dessa tecnologia.

Isso porque, primeiro, ela vai dizer que quanto mais cara é a tarifa, então, maior é a vantagem de se instalar esse tipo de energia na sua casa ou empresa. O resultado será uma economia financeira maior.

A outra coisa é que os consumidores de energia de baixa tensão, que são os consumidores residenciais, estão cada vez mais aderindo a ideia. Só que além deles, as pequenas empresas e empresas de médio porte também mostraram interesse devido à eficiência energética. 

Resumindo a conversa toda, para todos os públicos, o que se tem visto é que com as bandeiras vermelhas, retirada do horário de verão e outras medidas, o governo está tornando a tarifa de energia cara. Portanto, há um mercado promissor para a energia solar nos próximos anos.

2 – A independência energética

O futuro do investimento em energia solar em 5 passos
Foto: (reprodução/internet)

Ainda que esse seja um tópico que é complementar ao que foi falado antes, vamos considerar que se trata de outra vantagem. Lá em cima falamos do alto custo de energia no país. Agora, a ideia é mencionar que você não dependerá da energia que não a sua. 

E por que essa autonomia é boa? Por vários motivos. Aas, vamos começar falando sobre algumas manchetes de jornais que dizem que “a conta de luz deve aumentar em 8% no ano de 2021” ou que “a luz vai subir por 8 anos consecutivos”. 

Desse modo e do ponto de vista financeira, o que temos a certeza é que com autonomia, a pessoa poderá ficar isenta das medidas do governo quanto à cobrança da conta de energia. Independente do motivo disso, da escolha política, etc. 

E quer saber de uma coisa? A tendência é aumentar cada vez mais mesmo. Até mesmo porque o governo e a ANEEL (Agência Nacional de Energia Elétrica) já afirmaram que há um rombo no setor elétrico do país e que a manutenção está ficando cada vez mais cara. 

3 – O rendimento do investimento

O futuro do investimento em energia solar em 5 passos
Foto: (reprodução/internet)

Esse tópico pode deixar algumas dúvidas. Por isso, é interessante que você leia com bastante atenção para avaliar o ponto de vista que trouxemos aqui. A ideia é ver a energia solar como custo de oportunidade. 

Isso quer dizer que o brasileiro tem diversas opções de ativos para investir no mercado financeiro. Algumas dessas opções são da renda fixa e para o longo prazo. Assim, quando se calcula a taxa de retorno do investimento em energia solar, a gente pode vê-lo como ativo. 

E vamos usar aqui o Tesouro Direto Prefixado 2031 como exemplo. Ele tem uma taxa de 7,36% ao ano. Além disso, tem um prazo longo e a garantia do Tesouro Nacional. Ou seja, acaba sendo uma opção interessante para quem gosta de segurança. 

 Enquanto isso, um sistema solar FV com tarifa de R$ 0,85 e descontadas as perdas com inflação de 8% poderia resultar em uma opção melhor que o Tesouro Prefixado 2031. Em um estudo da BlueSol, isso daria o seguinte resultado, em 25 anos:

  • R$ 525 mil para a energia solar
  • R$ 156 mil para o Tesouro

E o estudo ainda comenta que foi usada a tendência ascendente de CDI para esse prazo. 

4 – A valorização do imóvel

O futuro do investimento em energia solar em 5 passos
Foto: (reprodução/internet)

Se o assunto é investimento, energia solar e futuro, a gente não pode deixar de lado a questão da valorização do imóvel, certo? É claro que, em um primeiro momento, ninguém vai procurar por uma instalação de energia solar pensando nisso. Mas, é uma realidade a ser lembrada.

Com base em estudos internacionais (do Lawrence Berkeley Lab), os imóveis americanos que instalaram energia solar tiveram valorização de, ao menos, 15 mil dólares no valor de mercado, quando comparados com imóveis parecidos, mas sem a energia solar. 

Para quem está curioso em saber, alguns estudos mostram que, aqui no Brasil, o custo do investimento para instalar energia solar em casas é de R$ 15 mil na média. Só que é preciso um estudo mais exato para considerar regiões, tamanhos e tudo mais. Essa informação é do Portal Solar. Inclusive, eles permitem uma espécie de simulação online para saber isso. 

Portanto, se há a questão do investimento, da autonomia e do menor custo com a tarifa, a gente também tem que lembrar que o imóvel será mais valorizado, com um ganho de patrimônio significativo. 

Ah, e só para fins de curiosidade, considere um ponto importante: hoje em dia há diversas linhas de financiamento para esse tipo de investimento. Portanto, a ideia de que energia solar é coisa de rico ficou para trás há algum tempo. 

5 – O crescimento acelerado

O futuro do investimento em energia solar em 5 passos
Foto: (reprodução/internet)

Para terminar a lista com esses 5 passos, agora vamos falar de uma coisa que é bem interessante para o empreendedor que pensou nesse segmento. Portanto, não vamos falar para você que quer instalar os painéis fotovoltaicos em casa e sim para quem quer empreender.

Considere que o setor de energia solar cresce de forma acelerada. Só em 2019 o setor teve mais de 110 mil novas instalações. Isso deu um up de 211% com base em dados de 2018. Há ainda a questão das estimativas. 

Por exemplo, a Empresa de Pesquisa de Energia (EPE), diz que serão 1,35 milhão de consumidores com geradores solares até 2027. E agora é que vem a grande notícia, que pode ser uma boa ideia para você, que quer empreender: as franquias.

É isso mesmo: o setor de franquias em energia solar tem crescido acima da média. Com base em dados da Associação Brasileira de Franchising, o faturamento das franquias passou de R$ 44 bilhões para R$ 47 bilhões no fim de 2019. 

A ideia da franquia para quem quer investir em energia solar

O futuro do investimento em energia solar em 5 passos
Foto: (reprodução/internet)

Como a gente falou disso acima pode ser que você tenha ficado curioso sobre alguns pontos que tenham a ver com as franquias de energia solar. Se esse é o seu caso, saiba que está com sorte porque nós optamos por citar aqui algumas características dessa ideia empreendedora. 

A Blue Sol é uma das empresas que permitem essas franquias. Inclusive, é a mesma que fez as contas para mostrar a ideia da energia solar como investimento para 25 anos. Bem, o que queremos dizer é que ele permite faturamento de R$ 1 milhão no primeiro.

O negócio

Ou seja, dependendo do modelo de negócio escolhido, você poderá ganhar dinheiro logo nas primeiras horas de vendas. Esse valor foi mostrado em um case de sucesso de um empreendedor que investiu R$ 230 mil no começo. 

O resultado foi que no primeiro ano ele teve vendas de R$ 2.452,481,00. O que representou uma taxa de retorno anual de 66% em 5 anos. O modelo escolhido por ele incluiu veículo, uniformes, ferramentas, loja e muito mais. 

A atualidade

Assim, o que queremos dizer é que nem todo mundo que empreender nesse setor vai ter esse mesmo sucesso. Porém, dá para considerar uma série de vantagens para acreditar nisso. Aliás, como vimos acima há, pelo menos, 5 bons motivos para acreditar nisso. 

E se você acha que o mercado já se esgotou, considere que o uso da energia solar por aqui corresponde, atualmente, em menos de 2% de toda matriz energética. Sendo assim, a maior parte desses 2% está em residências, seguido de empresas e da zona rural.