Conheça os 7 melhores programas de cashback para compras

A pandemia também foi um momento de muito aprendizado para muita gente. Além dos cuidados pessoais, nós estamos falando sobre os hábitos de consumo, como o de comprar pela internet. Assim, muita gente viu que isso é mais barato do que comprar na loja física. 

ANÚNCIO

E além disso, há ainda vantagens incríveis. Por exemplo, os programas de cashback permitem que os clientes tenham parte do dinheiro devolvido nas suas contas digitais. Como assim? É isso mesmo, se a empresa for parceira do programa, você recebe parte da compra de volta.

Agora, essa porcentagem que é devolvida depende de uma série de fatores e das regras das empresas. Mas, o mais interessante é notar que tem programas que devolvem até 200% de volta para o cliente, com base no que foi gasto na compra, acredita?

ANÚNCIO

Os 7 melhores programas de cashback

Antes de começar é bacana você saber que esses programas foram pioneiros nos Estados Unidos e chegaram com tudo aqui no Brasil. Na maioria das vezes, esse retorno acontece em forma de saldo na conta. A partir disso, o consumidor pode pagar contas ou transferir. 

1 - Méliuz

Conheça os 7 melhores programas de cashback para compras
Foto: (reprodução/internet)

Se a gente for considerar os melhores programas de cashback para compras a partir das taxas de retorno das compras feitas, com certeza, o Méliuz tem o seu destaque ao sol. Afinal, dá para conseguir até 150% em algumas promoções limitadas. 

ANÚNCIO

Mas, geralmente, a taxa média de cashback que dá para encontrar nas empresas parceiras varia entre 0,75% e 2%. Outra característica importante é que nesse programa o resgate do saldo poderá ser feito a partir de R$ 20. E a transferência vai direto para a conta bancária

Outro dado importante dessa opção é o número de empresas cadastradas, sendo que são mais de 2,5 mil e de todos os setores. Especialmente, aquelas que permitem as compras online. Aliás, para quem vai usar o navegador da web dá para instalar uma extensão do Chrome. 

Ainda sobre o Méliuz, saiba que ele tem uma parceria com o banco Pan no oferecimento de um cartão de crédito. Assim, o cliente que paga as compras com ele, que é livre de anuidade, pode receber 1,8% nas compras feitas em lojas parceiras ou 0,8% em lojas não parceiras. 

2 - Ame Digital

Conheça os 7 melhores programas de cashback para compras
Foto: (reprodução/internet)

Agora, se a gente for considerar as empresas do ponto de vista da tecnologia, da inovação e da história na internet, a Ame é uma das mais indicadas e nós vamos explicar os motivos. A começar pelo fato de ser a marca do grupo B2W. 

Ou seja, esse é o grupo que integra empresas digitais como Americanas.com, Submarino e Shoptime, que representam uma boa fatia das vendas do e-commerce. A Ame tem o grande diferencial de funcionar como uma conta virtual.

Então, a partir do pagamento feito por essa conta é que dá para receber parte do dinheiro de volta. Aqui também temos uma grande variedade de produtos disponíveis entre os vários clientes e não apenas nas lojas do grupo. O cashback varia de 1% a 50%. 

No entanto, não dá para resgatar o saldo para outra conta bancária. Mas, dá para usar o saldo para pagar contas, por exemplo, como através do QR Code. 

3 - PicPay

Conheça os 7 melhores programas de cashback para compras
Foto: (reprodução/internet)

A próxima das marcas que entra na lista dos melhores programas de cashback para compras, sem dúvidas alguma, é o PicPay. Aliás, é muito provável que ao ir até um estabelecimento comercial você tenha visto lá a plaquinha do PicPay, como forma de pagamento.

Ele também é uma carteira virtual, na qual você cadastra o seu cartão e pode fazer pagamentos através dele. E esses pagamentos, quase sempre, geram cashback, que é o retorno de parte do dinheiro gasto na compra que foi feita. 

Os valores e os percentuais também variam bastante. E quando você acumula saldo dá para transferir para outros usuários, pagar estabelecimentos que aceitam o programa ou usar no PicPay Store. 

4 - Nível Cashback

Conheça os 7 melhores programas de cashback para compras
Foto: (reprodução/internet)

Dessa vez, o grande destaque está por conta do grande número de adeptos que uma empresa está ganhando. Essa é a história da Nível Cashback, que pode até ser uma das mais novas empresas desse tema. Porém, também é uma das que mais têm agradado o seu público. 

A se começar pelo fato de ter na sua lista de empresas parceiras praticamente toda loja grande que o brasileiro conhece e ama, como: Vivara, Submarino, Under Armour, WebContinental, Wine, Zattini, Americanas.com, Camicado, Carrefour, C&C, Casa Show, Centauro, etc. 

Aliás, um dos diferenciais é sobre o tema usado no aplicativo. Ele é muito fácil de ser usado esse aproxima ao máximo da linguagem dos jovens, que é o grande público alvo da marca. 

5 - Mooba

Conheça os 7 melhores programas de cashback para compras
Foto: (reprodução/internet)

De todos que foram citados até aqui, o Mooba é o menos conhecido. Então, por que a gente se lembrou dele? Há um motivo especial para que o Mooba esteja aqui: ele permite o recebimento do cashback em grandes sites do e-commerce, como a Amazon. 

Sendo assim, ele é muito parecido com o Méliuz, o que vai mudar é justamente as empresas parceiras. Então, você pode visitar as lojas parceiras e comprar com desconto. Além da Amazon, o Mooba também tem parceria com a Netshoes e a Americanas. 

6 - Beblue

Conheça os 7 melhores programas de cashback para compras
Foto: (reprodução/internet)

Infelizmente, a gente vai começar esse tópico com uma notícia não muito agradável. O Beblue foi um dos pioneiros no programa de cashback em algumas regiões do país. No entanto, perdeu credibilidade ao perder lojas parceiras e ter problemas com o “sumiço” dos saldos.

Porém, passados alguns meses, o aplicativo voltou com tudo e promete se tornar ainda melhor do que era. Então, é um tipo de aposta. Ou seja, é o famoso “pagar para ver”. Se você tem essa disposição, considere na sua lista de apps o Beblue.

Por curiosidade, hoje ele tem 5 mil estabelecimentos cadastrados em vários estados do país e o seu percentual de cashback varia entre 2% e 200% do que é gasto nas compras. Ele também funciona como uma conta corrente e hoje o principal parceiro é o Multiplus. 

O problema maior é que para transferir o dinheiro que está em saldo para uma conta bancária, o usuário tem que descontar a taxa de 5% para cada transação que é feita. 

7 - MyCashBack

Conheça os 7 melhores programas de cashback para compras
Foto: (reprodução/internet)

O próximo dos serviços que devolve parte do dinheiro gasto e o MyCashBack. Ele não é muito diferente de todas as opções que apresentados acima. Inclusive, também possui a sua categoria de “promoções” e “descontos”. O cashback máximo é 28%. 

Entre as lojas virtuais parceiras, a gente pode mencionar a Amazon, a Americanas, a Decolar, a Netshoes, a Submarino, entre outras. O cadastro, como todos os casos citados acima, é gratuito e ele tem aplicativo próprio também. 

E o Trigg?

A gente não citou o Trigg acima por um motivo especial: ele não é apenas um programa de cashback e nem apenas uma carteira virtual. Mais do que isso, o Trigg é uma espécie de serviço de cartão de crédito também, que se une à ideia do cashback.

Ou seja, por ser um cartão de crédito virtual é importante que todo consumidor interessado avalie os custos disso. Afinal, esse produto financeiro é um dos maiores causadores das dívidas nas famílias brasileiras. De todo modo, se bem usado, ele pode ser um aliado nas finanças. 

Sendo assim, ele vai devolver para o cliente parte do que foi gasto na fatura, de um modo geral e não em lojas parceiras. Essa variação pode ser de 0,25% até 1,30%, dependendo do valor total da fatura. O mais legal é que dá para simular o cashback no site do Trigg.

Por exemplo, uma fatura mensal de R$ 2.800 daria um cashback mensal de R$ 14 para o cliente. Isso somado no ano pode ser de R$ 168, o que representa um cashback de 0,50%. 

O cartão de crédito com cashback vale a pena?

Agora sim para concluir o assunto, saiba que apesar de termos citado aqui vários cartões de crédito com cashback, como do Trigg e do Méliuz, nem sempre eles vão valer a pena. Afinal, isso depende do uso, dos valores, dos custos envolvidos também. 

Para se ter uma ideia, geralmente, para que valham a pena, a fatura mensal deve ficar acima dos R$ 10 mil no crédito. Então, o que se sabe é que não é uma boa ideia para todo mundo, certo? Além do mais, é preciso estudar sobre as formas de usar esse crédito.

Por exemplo, para cada R$ 10 mil mensais de fatura, o banco Pan permite uma devolução de dinheiro no programa Méliuz de R$ 80 em crédito. No banco do cartão Black do banco Inter, o valor cai como crédito na conta corrente, sendo R$ 100. 

Já os cartões de montadoras podem ser mais vantajosos porque permitem créditos na compra de um veículo da marca de até R$ 500. No entanto, esses cartões, como o Itaucard Mit ou da Fiat, possuem taxas de anuidade bastante altas, o que não é nada atrativo financeiramente.