Marfrig firma parceria com a ADM para produção do hambúrguer vegetal no Brasil

Nos Estados Unidos, a produção do inovador hambúrguer vegetal foi um sucesso de vendas, causando febre entre a população. Esse produto é uma imitação da carne bovina, possuindo a mesma textura, aroma, aparência e sabor.

ANÚNCIO

No entanto, a novidade só chegou na residência dos brasileiros no começo deste ano. Inicialmente, quem apostou fortemente no produto foram algumas startups. Essas empresas foram responsáveis por despertar o mercado nacional para esse produto. Mas, chegou a vez das gigantes entrarem na concorrência.

Hoje, a empresa Marfrig anunciou que firmou uma parceria com a ADM. Essa empresa, americana, irá auxiliar na produção do hambúrguer vegetal no Brasil. De acordo com as gigantes do segmento alimentício, até o fim deste ano o produto já deve chegar nas prateleiras dos supermercados.

ANÚNCIO
Fonte: reprodução/internet

Tendência no mercado brasileiro

Em junho, a Seara lançou seu primeiro produto destinado aos vegetarianos, chegou a vez da Marfrig. No comunicado dado pela empresa hoje, foi informada a parceria com a Archer Daniels Midland Company (ADM) para realizar a produção e a comercialização de seu hambúrguer vegetal no Brasil.

A Marfrig afirma que o sabor e a textura do produto serão bem parecidos com o da carne. O público alvo é, especialmente, aqueles que optaram por não consumir a carne de origem animal por alguma razão.

ANÚNCIO

Na cooperação entre as duas companhias, quem fica encarregada de fornecer a principal matéria-prima da receita é a ADM. Já a Marfrig será a responsável por realizar a produção e as vendas do produto.

Roberto Ciciliano, que é o presidente da ADM Nutrition na América Latina, afirma:

"Oferecemos uma estrutura avançada de P&D de novos ingredientes naturais e soluções tecnológicas, inclusive com a vantagem da fabricação local, para antecipar tendências da indústria e atender, de forma customizada, as necessidades de nossos clientes"

Previsão de vendas

Responsável pela produção, a Marfrig utilizará a sua unidade em Várzea Grande para fazer os hambúrgueres. Uma parte dos ingredientes de origem vegetal sairá da unidade da ADM, em Campo Grande, diretamente para o Mato Grosso do Sul.

A previsão de venda das primeiras unidades é para este ano ainda. No entanto, a comercialização não será realizada apenas em solo brasileiro, mas, já existem planos para que seja feita a exportação do produto.

Inicialmente, a venda será feita através do canal food service. Somente depois de um tempo, o hambúrguer vegetal será oferecido para o varejo.

Como é feita a produção do hambúrguer vegetal

A fórmula adotada pela Marfrig não foi divulgada no anúncio feito. No entanto, é possível ter uma noção quando observamos o que as demais fabricantes fazem. Por exemplo, a principal concorrente da empresa nesse momento, a Seara, utilizou beterraba, cebola, alho e soja não transgênica em sua receita.

Já a Fazenda Futuro, startup pioneira na venda de hambúrgueres vegetais no Brasil, tem algumas diferenças em sua produção. De acordo com o fundador da empresa, Marcos Leta, são utilizados grão de bico, proteína de soja, aromatizantes, ervilhas e temperos naturais.

Além disso, a beterraba também está inclusa para simular o sangue da carne. Dessa forma, o produto a ser oferecido pela Marfrig com certeza será parecido com o que é oferecido pelos seus concorrentes.