GOL inaugura serviço de stopover no Brasil

Em uma viagem de avião, geralmente optamos pelos voos diretos. Afinal, quanto mais cedo chegamos ao nosso destino, melhor. Mas, um novo serviço promete mudar essa realidade para aqueles que gostam de conhecer novos lugares. Se trata do stopover.

ANÚNCIO

Nesta quarta-feira, a companhia aérea GOL incorporou à sua lista de serviços uma prática que muitas empresas estrangeiras já praticam. O stopover possibilita que a sua conexão em determinada cidade seja estendida, possibilitando uma pequena tour na região.

O melhor de tudo é que esse serviço é oferecido de maneira 100% gratuita. Trata-se de uma novidade no mercado aéreo brasileiro para os apaixonados por viagens e vamos falar sobre os detalhes desse serviço.

ANÚNCIO
STOPOVER
Foto: (reprodução/internet)

Como funciona o stopover?

Viajar gastando o mínimo de dinheiro possível é o objetivo de muitos brasileiros. O stopover pode deixar a sua viagem muito mais extensa e interessante sem grandes alterações no valor das suas passagens.

Seu funcionamento é mais ou menos assim: em um voo para Washington, existe uma pequena conexão em Miami. Então, por meio do stopover, a permanência em Miami pode se estender para que o cliente durma algumas noites por lá.

ANÚNCIO

Dessa forma, além de fazer um turismo na capital americana, você poderá desfrutar um pouco da praia de Miami. Essa é uma prática que empresas como Air France, TAP e Emirates já faz há um bom tempo.

Informações sobre o serviço não são claras em algumas companhias

De acordo com alguns blogs em que pesquisamos, esta alternativa não é muito clara em muitas companhias. Por isso, muitas pessoas acabam não aderindo e perdendo uma boa oportunidade de conhecer um novo lugar.

Cada uma das empresas possui as suas regras individuais de funcionamento do stopover. No Brasil, a companhia aérea que está inaugurando este serviço é a GOL e, por enquanto, funciona em apenas uma cidade.

São Paulo inaugurará o serviço

É fato que uma das cidades brasileiras que recebe o maior número de voos por dia é São Paulo. Com dois aeroportos, Congonhas e Guarulhos, grande parte das conexões são realizadas por lá.

Além dos aeroportos da capital, o terminal de Viracopos, em Campinas, também foi incluído no serviço. Dessa forma, sem custo adicional algum, você poderá ficar até duas noites nessas localidades.

Sem regras muito complexas, a possibilidade fica aberta para qualquer voo que realize conexão em qualquer um desses três aeroportos. Fica aberta a opção de fazer essa parada tanto na ida quanto na volta da viagem.

Regras específicas da GOL

Quando você optar pela extensão da parada, a permanência mínima exigida pela GOL de 12 horas. Em contrapartida, o máximo permitido são duas noites, de maneira que o embarque seja realizado apenas no dia seguinte.

Apesar do serviço em si não ser cobrado, podem ocorrer alguns custos durante o processo. Por exemplo, no caso de despachar alguma bagagem, o procedimento precisará ser feito novamente.

Afinal, é inviável armazenar a sua mala por duas noites no aeroporto, isso poderia envolver muitos riscos. Além disso, um novo valor para a taxa de embarque também precisará ser pago. No entanto, o serviço continua compensando para o seu bolso.

Opção disponível apenas no site da GOL

O que viabilizou a implementação do stopover nos principais aeroportos do estado de São Paulo foi a iniciativa “São Paulo para Todos”. O objetivo deste programa é o desenvolvimento do turismo na região. Paulo Kakinoff, atual presidente da GOL, comenta:

“Atualmente, temos uma média de 32 mil passageiros que chegam diariamente ao Estado de São Paulo, e a possibilidade de fazer essa parada adicional certamente será um grande atrativo, com duas viagens em um só bilhete atrativo, com duas viagens em um só bilhete”

Então, para optar pelo stopover, basta realizar a compra de seus bilhetes diretamente no site da GOL. Para as demais plataforma de compra, é provável que esta possibilidade chegue nos próximos meses.